Passageiros de Bangladesh são detidos no Aeroporto Internacional dos Guararapes.
Passageiros de Bangladesh são detidos no Aeroporto Internacional dos Guararapes.Foto: Divulgação/ PF

A Polícia Federal em Pernambuco, através da Delegacia de Imigração, deteve oito passageiros naturais do país asiático Bangladesh no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife. Os estrangeiros, que chegavam de forma irregular, estavam vindo de um voo de Buenos Aires, na Argentina. Os homens estavam sem visto de entrada.

Os passageiros apresentaram passaportes, carteira de tripulante marítimo e uma carteira de empresa marítima de transbordo (responsável por transportar os tripulantes do aeroporto até o navio) para embarcar em um suposto navio que só chegaria sete dias depois no Porto do Recife. Além da ausência de visto nos passaportes, a PF informou que a empresa responsável pelo navio não deu qualquer informação de que os passageiros estavam sendo aguardados para embarque como tripulantes.

Em situações como essas, o estrangeiro tem a entrega negada no território brasileiro e é reembarcado para o seu país de origem. Contudo advogados compareceram à Delegacia de Imigração e fizeram um pedido de habeas corpus, informou o assessor da Polícia Federal, Giovani Santoro. "O advogado alegou, através do habeas corpus, que essas pessoas estavam sofrendo perseguição no seu país de origem", explica.

A medida solicita que os estrangeiros permaneçam no Brasil como forma de refúgio"na tentativa de preservar a integridade física, psicológica e corporal dos oito bangladeses, que sofriam perseguição político-religiosa em seu país de origem". Santoro informou que o caso será levado para o Conselho Nacional de Refugiados, em Brasília, e os homens vão permanecer no país até que a situação seja analisada por completo.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: