Alessandra Tamyris Tristão Santos, estudante de odontologia vítima do atropelamento
Alessandra Tamyris Tristão Santos, estudante de odontologia vítima do atropelamentoFoto: Reprodução/ Instagram

O suspeito de atropelar e matar a jovem Alessandra Tamyris Tristão Santos, 22, na avenida Conde da Boa Vista, no bairro da Boa Vista, área central do Recife, confessou o crime durante interrogatório na Delegacia de Polícia de Delitos de Trânsito, nesta terça-feira (20), segundo a Polícia Civil de Pernambuco. Marcos André Borges Ferreira, 51, compareceu à delegacia com um advogado. Ele foi liberado em seguida, já que não há mais o flagrante - o atropelamento ocorreu na noite da última sexta-feira (16) no cruzamento da via com a rua das Ninfas.

A motocicleta envolvida no atropelamento foi identificada na segunda-feira (19) e exames foram realizados para identificar o suspeito. Após a identificação, os policiais foram até a casa de Marcos André. Ele não foi encontrado, mas foi avisado das buscas pela sua mãe, ainda segundo a polícia.

Leia também:
Estudante de odontologia morre atropelada na av. Conde da Boa Vista
Suspeito de atropelar estudante de odontologia na Cde. da Boa Vista se apresenta à polícia

A investigação está sob os cuidados do delegado Paulo Jeann Barros Silva, titular da Delegacia de Polícia de Delitos de Trânsito, que busca esclarecer o fato e identificar as medidas penais que serão aplicadas.

Entenda o caso
A estudante Alessandra Tamyris Tristão Santos, 22, estava caminhando na calçada junto com uma amiga quando foi atingida por uma moto. A jovem estava indo escolher o vestido de formatura, quando foi arremessada e se chocou contra um poste no cruzamento da avenida Conde da Boa Vista com a rua das Ninfas, no bairro da Boa Vista, na área central do Recife.

Segundo testemunhas Marcos André Borges Ferreira, 51, estava fazendo manobras arriscadas na pista, quando, em um momento, perdeu o controle da moto e subiu na calçada atingindo a estudante.

Alessandra foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu),em estado grave, para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, também na área central do Recife. A estudante, no entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: