Ônibus destruído pelas chamas
Ônibus destruído pelas chamasFoto: Arthur de Souza / Folha de Pernambuco

Mais uma pessoa foi tida como suspeita da ação dos ônibus queimados entre o último domingo (24) e a terça-feira (26). A força-tarefa, criada para esse caso específico, apreendeu um jovem de 17 anos  pela participação de uma ocorrência no município de Paulista, na segunda-feira (25), segundo nota da Secretaria de Defesa Social.

O jovem foi autuado por crime análogo a incêndio e associação criminosa e encaminhado à Unidade de Atendimento Inicial (Uniai), que integra a Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase).

Na terça-feira (26), dois jovens foram presos. Um homem de 22 anos, suspeito de participação nos incêndios ocorridos no Paulista, foi autuado por crime de incêndio, associação criminosa e corrupção de menores, por ter aliciado para o crime o jovem de 17 anos preso nesta tarde.

Leia também:
Força-tarefa prende dois suspeitos de incêndios em ônibus na RMR
Após veículos incendiados, rodoviárias atrasam saída de ônibus de garagens


Um homem de 18 anos também está entre os presos por incendiar um coletivo no Loteamento Suassuna, em Jaboatão dos Guararapes, na tarde de terça-feira (26). Este foi atuado em flagrante por incêndio qualificado.

Os dois maiores de idade estão custodiados pela polícia, em serviços de saúde, enquanto estão se tratando das queimaduras que sofreram durante as investidas contra os ônibus.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: