Fecon 2019
Fecon 2019Foto: Paulo H. / Secretaria de Educação do Recife

As escolas municipais localizadas no Recife sediam nestas segunda (3) e terça-feiras (4), a quinta edição da Feira de Conhecimentos da Rede Municipal de Ensino do Recife (Fecon). O evento reúne de 300 projetos de ciências de 900 estudantes das escolas públicas.

A feira está sendo realizada no Centro de Convenções, que fica no bairro de Salgadinho, em Olinda das 9h às 17h. A entrada é gratuita, e o evento aberto ao público. O objetivo da Fecon é fomentar o pensamento crítico e promover a troca de experiências de conteúdo científico, mobilizando os saberes produzidos pela rede escolar do Recife e o intercâmbio entre as unidades.

Na edição de 219, estão inscritos nove projetos de visitantes, entre eles, dois do Maranhão e um do Pará. Participam alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Travessia. São dez categorias de projetos. Os anos finais (6º ao 9º) apresentam projetos em cinco categorias de ciências: da saúde; biológicas; exatas e da terra; humanas; e sociais aplicadas; além de linguagem e meio ambiente. Os projetos dos alunos dos anos iniciais (1º ao 5º ano) são nas categorias de desenvolvimento científico; iniciação a pesquisa; e iniciação científica.

Leia também:
Avião faz pouso de emergência e fecha pista do Aeroporto do Recife
Recife, Goiana, Itamaracá, Lagoa de Itaenga e Paulista recebem Balcão de Direitos


Cada projeto concorre a 1º, 2º e 3º lugares, que receberão medalhas de ouro, prata e bronze. Os projetos que obtiverem 1º lugar, além de receber a medalha, levarão para escola de origem um troféu.

Projetos

Entre os projetos estão o “Permacultura: uma alternativa para evitar a extinção das abelhas”, da Escola Antônio Brito Alves (Mustardinha). Segundo a professora Taciane Santos, a Permacultura é um estilo de vida que ensina as pessoas a viverem de forma harmoniosa com a natureza. “É uma cultura permanente que utiliza princípios agrícolas e sociais focados no respeito e observação dos padrões dos ecossistemas naturais. “É uma resposta e alternativa para enfrentar as mudanças climáticas e o aquecimento global”, afirma a professora.


Confira a programação completa desta terça-feira (4):

Programação dos trabalhos a serem apresentados na Fecon 2019 by Folha de Pernambuco on Scribd

veja também

comentários

comece o dia bem informado: