Formandos prejudicados por colega promovem vaquinha para viabilizar festa
Formandos prejudicados por colega promovem vaquinha para viabilizar festaFoto: Cortesia/ Whatsapp

Formandos de uma faculdade privada do Recife, que foram vítimas de roubo por um colega de sala, prestaram queixa nesta quarta (14) na Delegacia de Polícia e Repressão ao Estelionato (DPRE), no bairro de Afogados, no Recife. Boletim de Ocorrência nº 625-00236/2017 foi registrado contra Luciano Francisco dos Santos, de 33 anos. A delegada Adriana Fonseca é a responsável pelo caso. As ouvidas de testemunhas começaram.

>> Leia mais:
Formandos de comunicação acusam colega de roubar R$ 50 mil da comissão

A turma, com 28 formandos pagantes, estava prestes a comemorar a formatura, com fotos e baile, quando descobriu que o colega havia fraudado documentos, não havia fechado contrato com a casa de festas e que existia um rombo de mais de R$ 50 mil. As investigações vão verificar ainda falsificação de assinaturas de outros membros da comissão.

“Algumas empresas têm nos procurado para realizar a festa, mas ninguém tem mais condições de fazer nenhum pagamento”, comenta o estudante Jonnathan Neto. Para viabilizar a comemoração, a turma abriu uma vaquinha virtual que pretende arrecadar R$ 25 mil. Segundo o estudante, Luciano ainda era o responsável pelo contrato com a empresa que faria as fotos, que também incluíam alunos de outras turmas. “Mas o serviço custava R$ 300 e ele estava cobrando R$ 500”, disse.

Formandos prejudicados por colega promovem vaquinha para viabilizar festa
Formandos prejudicados por colega promovem vaquinha para viabilizar festaFoto: Cortesia/ Whatsapp
Boletim de Ocorrência contra Luciano Francisco
Boletim de Ocorrência contra Luciano FranciscoFoto: Cortesia/ Whatsapp

veja também

comentários

comece o dia bem informado: