Débora Dantas no Procon, junto ao noivo Eduardo Tumajan
Débora Dantas no Procon, junto ao noivo Eduardo TumajanFoto: Divulgação

Débora Dantas e o noivo Eduardo Tumajan estiveram, na tarde desta quinta-feira (12), no Procon-PE para receber uma cópia do processo administrativo, com a finalidade de anexar ao processo criminal movido contra a empresa Adrenalina Kart Racing.

A empresa é a responsável pela pista de kart, onde, no mês de agosto, em Boa Viagem, a jovem sofreu um acidente, tendo o couro cabeludo arrancado pelo motor do kart e foi escalpelada .

Ainda no mês de agosto, o órgão de defesa do consumidor interditou duas pistas de kart no Recife. A de Boa Viagem, onde aconteceu o acidente e uma no bairro da Torre, por irregularidade nos documentos.

Leia também:
Recife sanciona lei que regula normas de segurança em pistas de kart
Jovem de 19 anos é escalpelada por kart no Recife

Após o caso, a pista de kart de Boa Viagem foi desativada. A outra, localizada no bairro da Torre, regulamentou toda a documentação.

Em entrevista, Eduardo Tumajan relatou que compareceu ao Procon-PE para acompanhar o andamento e a investigação do caso. Segundo ele, desde o acontecimento, a empresa de kart não procurou a jovem.

“Espero que nunca mais aconteça e que os responsáveis sejam punidos”, disse Eduardo sobre o que ele espera para o futuro.

Atuação na Paraíba
Segundo apuração do Portal FolhaPE, a empresa Adrenalina Kart Racing está atuando no Patos Shopping, no estado da Paraíba. A informação foi confirmado pelo centro de compras, que deu o telefone de contato da empresa. Porém, o telefone não atendia as chamadas; os contatos disponíveis no site também não. 


veja também

comentários

comece o dia bem informado: