O cobrador Marcos Marinho, que participou da campanha "E se fosse você?"
O cobrador Marcos Marinho, que participou da campanha "E se fosse você?"Foto: Arthur Mota/Folha de PE

A manhã desta quarta-feira (15) teve espaço para a empatia no Terminal Integrado de Xambá, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Através da campanha “E se fosse você?”, promovida pelo Grande Recife Consórcio, motoristas de ônibus, cobradores e passageiros puderam vivenciar o uso do transporte público na pele de idosos ou pessoas com deficiência.

“As pessoas que passam pela alteridade de se colocar no lugar do outro não apenas mudam o seu comportamento como multiplicam essa reflexão”, descreve Marcus Petrônio, gerente de Relacionamentos do Grande Recife Consórcio. Os operários de transporte ou usuários que aceitaram participar da campanha foram convidados a embarcar no ônibus utilizando muletas, cadeira de rodas, óculos embaçados ou protetores auriculares.

Leia também:
Deficientes visuais ganham maior autonomia com óculos inteligente
A era dos 'superidosos': a vida depois dos 80 anos

BRK Ambiental investirá mais R$ 492 milhões no Grande Recife

A ação, que teve início às 8h da manhã, faz parte do Programa Gentileza Faz a Diferença e segue, pelos próximos meses, em outras unidades de Terminais Integrados até o fim do ano da RMR. Ao todo, na região, 1,8 milhão de pessoas utilizam o sistema de transporte público diariamente, sendo 35 mil com algum tipo de deficiência.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: