Mudas serão disponibilizadas pela Prefeitura da Cidade do Recife
Mudas serão disponibilizadas pela Prefeitura da Cidade do RecifeFoto: Andréa Rêgo Barros/PCR/Divulgação

A população recifense foi desafiada a tornar a cidade mais arborizada, com o plantio de 10 mil mudas de árvores em espaços públicos ou privados. O projeto Maratona Verde, lançado nesta segunda-feira pelo prefeito Geraldo Julio, pretende engajar a sociedade civil, através de escolas, condomínios, empresas, entre outras organizações, nesta iniciativa inédita. “É algo que visa combater as ondas de calor no Recife, mas também conscientizar as pessoas quanto ao aquecimento global. Algo que parecia muito distante, hoje é pauta urgente das maiores organizações do mundo”, falou o prefeito durante o evento de lançamento do projeto. “Então precisamos do engajamento de todos, jogando no mesmo tim.”

Todas as mudas serão disponibilizadas pela Prefeitura da Cidade do Recife. “O que precisamos é de pessoas dispostas a fazer diferente”, ressalta o prefeito. Quem se interessar em participar, deve se inscrever no site da Prefeitura do Recife. As primeiras 100 inscrições no site irão receber as mudas no endereço registrado, no prazo de uma semana que antecede a ação, que acontece de 3 a 9 de junho. Equipes do setor de Geoprocessamento e informação, juntamente com o de Arborização da SMAS, irão validar os locais com potencial de plantio apontados por quem se inscreveu. Inicialmente, os lugares mapeados foram os equipamentos municipais: de saúde, educação, praças e parques. “Não é apenas plantar 10 mil mudas, de qualquer jeito. É saber onde plantar e o que plantar. Para que cheguem ao local certo, que precisa. Para que não danifique calçada ou atrapalhe algo. Por isso, nós temos uma equipe que trabalho no levantamento de áreas e também nas espécies das plantas”, explicou Geraldo Julio.

Leia também:

Aplicativo mapeará árvores na Capital pernambucana
G7 do Meio ambiente se reúne para analisar medidas concretas 
Moradores do Recife podem solicitar plantio de mudas

O plantio histórico será composto, prioritariamente, por mudas nativas da Mata Atlântica e espécies adaptadas às condições ambientais do Recife. Entre as árvores que serão plantadas estão: pau-brasil; craibeira, algodão da praia; amescla-de-cheiro; sucupira; pau de jangada; leiteiro, jenipapo brabo, martelo, cupiúba e gitó, sendo de pequeno, médio e grande portes.

Para o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Neves, plantar 10 mil mudas no Recife foi um desafio lançado pelo prefeito e abraçado pela secretaria. Em 3 meses, a pasta se organizou para coordenar a ação. "O Recife tem algumas ilhas de calor, algumas áreas mais áridas que foram detectadas pela nossa secretaria logo que chegamos. É exatamente aí que vamos atacar dentro do plantio urbano e vamos tentar criar também mini-bosques pela cidade toda. Isso traz muito resultado positivo na questão do carbono, das mudanças climáticas, no combate às ilhas de calor", detalhou o secretário.

Maria Izabel Pinto Vilaça, coordenadora da Escola Municipal Professor Elizabeth Sales Coutinho Barros, no bairro dos Torrões, esteve presente no evento ao lado de 50 crianças, que serão algumas das primeiras a promover o plantio na praça em frente ao espaço. “Vamos trabalhar não apenas para tornar a praça mais arborizada, mas para envolver essas crianças na construção de uma sociedade melhor”, contou a coordenadora.

Também estiveram presentas os atletas Magrão, do Sport, e Dany Moraes, do Santa Cruz. “Nós enquanto esportistas precisamos nos envolver em ações como essa e incentivar quantas pessoas não conseguirmos. Com certeza eu e a minha família faremos nossa parte”, ressaltou o Dany Moraes. 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: