Usina nuclear de Fukushima
Usina nuclear de FukushimaFoto: STR / JIJI PRESS / AFP

O Ministério do Meio Ambiente do Japão afirmou que resíduos produzidos pelos trabalhos de descontaminação após o acidente na usina nuclear Fukushima 1, em 2011, podem sofrer vazamento em 12 locais, em caso de chuvas torrenciais.

A pasta checou todos os locais em que os resíduos são mantidos, depois que 91 sacos foram levados pelas águas para rios nas províncias de Fukushima e Tochigi, no ano passado, por causa de enxurradas provocadas pelo tufão Hagibis.

Dos 322 locais nas proximidades de rios ou em áreas propensas a inundações, soube-se que 12 na província de Fukushima correm risco de que sacos contendo resíduos sejam levados pelas águas ou sofram rompimento por fluxos de lama.

Leia também:
Japão: Premiê diz que líderes do G7 discutirão pandemia de coronavírus
Covid-19: Argentina suspende voos da Europa, EUA, Japão, Irã e China
Primeiro-ministro afirma que Japão sediará Olimpíadas sem problemas

O ministério planeja montar cercas ou transferir os resíduos para instalações intermediárias de estocagem visando reduzir o risco até o final de maio deste ano.

Nesta terça-feira, o ministro do Meio Ambiente, Shinjiro Koizumi, declarou à imprensa que espera que o trabalho seja realizado o quanto antes devido aos crescentes riscos de tempestades súbitas nos últimos anos.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: