Formação de 495 novos policiais militares
Formação de 495 novos policiais militaresFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Novos 495 policiais militares vão reforçar o policiamento ostensivo de Pernambuco e fortalecer ações do Pacto Pela Vida já no Carnaval deste ano. Os novos PMs se formaram na manhã desta segunda-feira (20) em solenidade que aconteceu no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco, no Derby, área central do Recife.

Iniciado em julho de 2019, o curso, que teve 403 soldados homens e 92 mulheres, durou seis meses, preparando os aprovados no concurso de 2018 para atuar em policiamento ostensivo preventivo fardado, atendimento e solução de ocorrências, controle de distúrbios e restabelecimento da ordem pública e atividades operacionais e policiamento reservado.

Leia também:
Bolsonaro extingue prisão disciplinar para PMs e bombeiros
Domingo de prévia lotada em Olinda tem policiamento ostensivo
Paulo Câmara comanda reunião sobre o Pacto Pela Vida em Garanhuns

De acordo com o comandante da Polícia Militar, Vanildo Maranhão, os novos PMs estarão nas ruas a partir desta terça-feira (21). “Eles passarão por estágio probatório durante 15 dias. Após esse prazo, vão entrar na fase da operação Forte, que atuará primeiramente no Carnaval, e, posteriormente, no Agreste, Sertão e Zona da Mata, com a supervisão de profissionais experientes”, contou.

Segundo o secretário de Defesa Social do Estado, Antonio de Pádua, os novos policiais vão ser distribuídos de acordo com a necessidade dos municípios. “É uma renovação no quadro da polícia militar. Em 2018, Pernambuco foi o estado que teve maior diminuição da criminalidade. Em 2019, Pernambuco alcançou a redução de 17% no número de crimes em comparação a 2018. Em 2020, o nosso esforço é fazer o melhor resultado do ano em toda a história do Pacto Pela Vida”, afirmou o secretário.

Formado nesta segunda, o PM natural de Caruaru, no Agreste, Eduardo Gracco Magalhães Galvão, de 30 anos, contou que a trajetória de estudos foi longa e árdua, mas que a persistência em alcançar a aprovação no concurso sempre foi maior. “Eu sempre tive o sonho de ser policial e comecei a estudar para concurso em 2015. Em 2016, eu fiz o concurso, mas não passei. Porém não baixei a cabeça e continuei estudando. Fiz prova no Piauí e em Alagoas, onde cheguei a realizar todas as etapas, mas não fui convocado na primeira etapa. Até que, em 2018, eu fiz o concurso daqui do Estado e passei”, contou, emocionado.

O PM Eduardo Gracco Magalhães Galvão contou que se sente realizado com a formação

O PM contou que se sente realizado com a formação - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Agora Eduardo vai morar no Recife, e, de acordo com ele, deve atuar no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana. “As expectativas agora são muitas. É um sonho realizado para mim e para a minha família”. Mãe de Eduardo, a dona de casa Elaine Helena Magalhães, de 55 anos, contou que sempre incentivou o filho e que está muito feliz pela formação dele: “É um orgulho muito grande. Meu coração está tranquilo por saber que ele conseguiu".

Com essa convocação, o Governo soma 4.674 novos PMs desde de 2015. Além deles, 1.787 profissionais foram convocados para as Polícias Civil, Científica e Corpo de Bombeiros. Ainda de acordo com o Estado, ainda este mês, outros 500 novos agentes estarão concluindo o curso de formação da Polícia Civil e reforçando o efetivo em Pernambuco.

Formação de 495 novos policiais militares
Formação de 495 novos policiais militaresFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Formação de 495 novos policiais militares
Formação de 495 novos policiais militaresFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Formação de 495 novos policiais militares
Formação de 495 novos policiais militaresFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: