O sonho da policial militar é ser delegada
O sonho da policial militar é ser delegadaFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Uma paraibana foi destaque no curso de formação dos novos 495 policiais militares de Pernambuco. Com média geral de 9,97, Hayssa Gabriela Medeiros de Araújo recebeu,  do governador Paulo Câmara, na solenidade de formatura, a medalha Tiradentes pela melhor nota geral. Feliz com o resultado, ela garantiu: "Lugar de mulher é onde ela quiser".

Aos 27 anos, Hayssa, que é formada em Direito desde 2016 pela Universidade Federal da Paraíba e sonha em ser delegada de polícia, contou que o grande sonho é defender a sociedade através da segurança pública. “Eu me sinto muito feliz. É uma conquista que reflete o meu esforço e a minha dedicação ao longo dos seis meses de curso. Represento todas as mulheres e policiais femininas e quero dizer que todas nós somos capazes. Nosso lugar é onde a gente quiser, e isso é uma prova”, relatou.

Rhayssa Gabriela Medeiros de Araújo teve média 9,97

Hayssa Gabriela Medeiros de Araújo teve média 9,97 - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Emocionada, ela disse que sempre estudou para concursos e que tentou ser PM na Paraíba, mas só foi convocada depois que já estava no final do atual curso de formação da PMPE. “Eles me chamaram em novembro, mas eu preferi ficar [em Pernambuco]”. Hayssa contou que os pais sempre a apoiaram e estiveram presentes na formação dela. “Meu pai mora em Goiânia e não pôde vir à cerimonia. Minha mãe, que estava em Salvador, ainda está chegando de viagem. Eles sempre me apoiaram porque confiam em mim e ficaram bastante felizes com a minha aprovação”.

Ex-estudante de uma turma de formação com 20 homens e cinco mulheres, a nova soldado cumpriu 46 disciplinas, entre aulas práticas de educação física, abordagem, tiro policial e operações simuladas, além de teóricas como leis e direitos constitucionais, Hayssa Gabriela disse que foi bem acolhida desde o início. “Claro que é um caminho que sei que vou encontrar pessoas com o perfil machista. Mas homens e mulheres são iguais. E, se hoje eu estou aqui depois de passar por tudo o que eles também passaram, é porque tive capacidade”, contou. “A gente pode tudo. Com fé em Deus, tudo vai mudar. Estamos indo em direção a construir um mundo melhor para as mulheres, que devem estar cada vez mais presentes nesses espaços”, defendeu.

Pelas boas notas, Hayssa pôde escolher o local de atuação e vai trabalhar na cidade de Igarassu, na RMR, que fica a uma hora de distancia de João Pessoa, onde mora. Agora ela aguarda por concurso da Polícia Civil para a área de delegada. “Esse é um degrau e, com fé em Deus, eu vou alcançar os próximos objetivos. Na área de segurança pública, eu já estou e não vou parar”, finalizou a PM.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: