Aedes aegypti
Aedes aegyptiFoto: Rafael nedder meyer/Fotopress

As mortes de dois idosos, de 69 e 70 anos, na primeira semana deste mês, causadas possivelmente por arboviroses estão sendo investigadas em Pernambuco. O primeiro óbito foi registrado no dia 6 de janeiro no Recife, e o segundo, dois dias depois, no dia 8 de janeiro, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana da capital pernambucana. A informação foi divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde por meio de boletim epidemiológico.

As investigações dos casos estão sob responsabilidade dos municípios onde houve as mortes. De acordo com a SES, nos próximos dias o Estado lançará o novo plano de ações para controle das arboviroses programadas para o ano de 2020.

Segundo o boletim, que reúne notificações do período entre os dias 5 a 11 de janeiro, houve uma redução de mais de 60% no número de casos notificados. Com relação a dengue, foram notificados 173 casos em 41 municípios. Do total, 14 já foram confirmados e 19 descartados. No mesmo período de 2019 foram notificados 568 casos, números que foram reduzidos em 69,5%.

Leia também:
Suspeitas de arboviroses crescem 161% em Pernambuco em 2019
Profissionais de saúde do Recife recebem capacitação sobre sarampo e arboviroses


Já nos casos relacionados à chikungunya foram 33 registros em 16 municípios. Dos 33, uma suspeita foi confirmada e outras nove descartadas. No ano passado, no mesmo período, 119 casos foram notificados, o que representa uma redução de 72,2%.

O menor número de notificações foi com relação a zika. Apenas um caso foi registrado e ainda não foi confirmado. Em 2019, 67 casos foram notificados, resultando em uma redução de 98,5%.

A avaliação, que confirma ou descarta uma notificação, é realizada perante investigação domiciliar e hospitalar do óbito e da discussão de cada caso no Comitê Estadual de Discussão de Óbitos por Dengue e outras Arboviroses.

Ainda de acordo com o boletim, até o momento, 34 municípios estão em situação de risco de surto das doenças, e 91 em situação de alerta.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: