Prisões foram apresentadas em coletiva de imprensa no Quartel do Derby
Prisões foram apresentadas em coletiva de imprensa no Quartel do DerbyFoto: Isabelle Barbosa/Portal FolhaPE

Pai e filho foram presos em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, suspeitos de cometer latrocínio. Segundo o major da Polícia Militar de Pernambuco Carlos Fiquene, o suspeito Bruno Carlos Ferreira da Silva, de 23 anos, estava sendo procurado após praticar latrocínio contra o estoquista Augusto Bezerra Silva, de 24 anos, no último sábado (10).

“Após recebemos informações sobre onde o suspeito estava, uma equipe foi ao local e, ao chegar em uma residência no bairro do Bonfim II, em Igarassu, encontraram, além de Bruno, o pai dele, Carlos Arruda Cabral, de 49 anos”, detalhou o major em coletiva de imprensa no Quartel do Derby, área central do Recife, nesta quarta-feira (14).

Leia também:
Preso suspeito de latrocínio de estoquista em Igarassu

Homem reage a assalto e é morto em Igarassu

O major disse ainda que, após a prisão de Bruno, e a análise dos documentos do pai, os policiais constataram que Carlos era foragindo do sistema prisional desde 2011, quando foi preso também por latrocínio. “Não identificamos nenhum crime que eles tenham cometidos juntos, mas o pai do suspeito está na lista dos mais procurados no Estado por cometer dois latrocínios", afirmou o major. Segundo ele, em depoimento, Carlos contou que rompeu a tornozeleira eletrônica que possuía após sair do presídio de Itamaracá.

Ainda de acordo com o major, Bruno, que estava sendo procurado inicialmente, contou haver cometido o latrocínio do último sábado para pagar uma dívida de drogas. “Ele disse que Augusto, morto em Cruz de Rebouças, quando estava em uma moto com a noiva, reagiu ao assalto e ele acabou disparando dois tiros contra a vítima”. O suspeito disse ainda que pegou os pertences do homem e a moto e entregou a quem ele devia drogas, mas sem citar nome dessa pessoa.

Pai e filho foram levados ao Centro de Triagem em Abreu e Lima (Cotel), em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife, onde ficam à disposição da Justiça.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: