Bagagem tinha várias notas de euro
Bagagem tinha várias notas de euroFoto: Divulgação/Polícia Federal

Um taxista de 41 anos natural de Belém do Pará foi preso em flagrante no Aeroporto Internacional do Recife, localizado no bairro da Imbiribeira, Zona Sul da Capital, com 400 mil euros - aproximadamente R$ 1,76 milhão - em uma bagagem.

Em depoimento, segundo a Polícia Federal (PF), o suspeito, identificado como Mateus Ferreira de Araújo, informou que recebeu a orientação de uma outra pessoa para entregar a moeda estrangeira quando desembarcasse no Aeroporto de Salvador, na Bahia. Pelo serviço, segundo o taxista, receberia R$ 1 mil. O caso ocorreu na tarde no domingo (27) e foi divulgado pela PF nesta quarta-feira (30).

Leia também:
Engenheiro é preso com 69 cápsulas de cocaína no estômago no Aeroporto do Recife
Carga de R$ 44 mil em eletrônicos é apreendida no Aeroporto do Recife


A bagagem foi submetida ao aparelho de raios X, que identificou diversos materiais suspeitos escondidos entre sapatos e roupas. A mala foi então interceptada por policiais federais durante a fiscalização. Segundo a PF, ao ser identificado, o taxista começou a demonstrar nervosismo, inquietação e impaciência. Quando questionado sobre o que teria na bagagem, ele afirmou não saber do que se tratava. Em seguida, a mala foi aberta e foram encontradas notas de 50, 100, 200 e 500 euros, totalizando os 400 mil euros.

Investigações da PF prosseguem e devem apontar a origem e proprietário do euro, além da destinação da moeda. O paraense foi autuado e encaminhado à audiência de custódia, na qual foi liberado pela Justiça. Ele responderá em liberdade ao processo por guardar ou ocultar origem ou movimentação de valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal, crime previsto na Lei 9.613/98.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: