Bruno Covas
Bruno CovasFoto: Reprodução/Instagram

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB) teve alta nesta sexta-feira (27) do Hospital Sírio-Libanês (região central de SP), onde estava internado desde quinta (26) para a quinta sessão de quimioterapia -o tucano faz tratamento contra um câncer na região do estômago.

Covas, segundo a equipe médica que acompanha o prefeito, terá de fazer mais três sessões de quimioterapia e cada uma dura 30 horas. A data da próxima não foi informada.

Leia também:
Não existe a possibilidade de Covas deixar a prefeitura, diz presidente da Câmara reeleito
Covas realiza exames e faz quinta quimioterapia depois do Natal

Boletim médico, divulgado pela assessoria de comunicação da prefeitura na tarde desta sexta, diz que Covas "encontra-se em ótimo estado geral e até o momento não apresenta efeitos adversos".

Apesar da internação, a agenda de Covas teve quatro compromissos agendados no hospital nesta sexta, entre reuniões com vereadores e despachos com secretários.
O prefeito teve diagnosticado um tumor no trato digestivo em exames realizados no fim de outubro no próprio hospital da região da Bela Vista.

Em 19 de outubro, Covas sentiu-se mal e procurou o Hospital Albert Einstein (zona sul), onde foi diagnosticada uma erisipela (infecção de pele), e ele começou a tomar antibióticos. Quatro dias depois, o prefeito deu entrada no Sírio-Libanês e ficou internado. Na sequência, foi diagnosticada uma trombose das veias fibulares e, posteriormente, o câncer.

Ele retornou ao seu gabinete na prefeitura em 18 de novembro e tem despachado do hospital quando precisa fazer as sessões de quimioterapia. Porém, chegou a ter compromissos barrados por médicos quando precisou ser transferido para a UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do hospital por causa de um sangramento.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: