Saúde e Bem-Estar

Rafael Coelho

ver colunas anteriores
Rafael Coelho, e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @drrafaelcoelho | Facebook: /rafaelcoelho
Rafael Coelho, e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @drrafaelcoelho | Facebook: /rafaelcoelhoFoto: Folha de Pernambuco

O Diabetes Mellitus é uma doença considerada uma epidemia mundial e atinge hoje mais de 380 milhões de pessoas em todo o mundo. Dentre os tipos temos o diabetes tipo 1, auto-imune e genética e a tipo 2, adquirida através dos maus hábitos, que incluem alimentação rica em açúcares refinados e sedentarismo.

Além das consequências agudas, como o descontrole glicêmico (açúcar no sangue), vômitos e desidratação, existem as consequências crônicas, que são as que aparecem anos depois, como a doença dos olhos, nervos e rins. Sendo assim, é de extrema importância o controle dessa doença através da dieta e exercício físico. Por isso surgem inúmeras dúvidas em relação ao que o diabético pode e não pode ingerir.

Neste verão, algo bastante utilizado é a água de coco. Mas será que quem tem diabetes pode ingerir?  A resposta é “sim”. A água de coco é uma fonte rica em nutrientes específicos que podem inclusive melhorar o perfil da doença, como o potássio, que normalmente está diminuído no diabetes. Além de ser uma boa opção de hidratação, principalmente no verão. Mas claro, o consumo tem que ser controlado e previamente a pessoa não pode ser alguém com descontrole dietético. Consulte seu médico e nutricionista.

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro.

Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico pós-graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). Atende em consultório particular. Atua nas seguintes áreas: Emagrecimento, Hipertrofia, Longevidade, Performance Esportiva, Distúrbios Metabólicos, Bioimpedância. Pautas para JademilsonSilva – Jornalista - DRT: 3468 Email: contato@jademilsonsilva.com

NOTAS

Tratamento reduz queda de cabelo em pacientes com câncer

A Oncoclínica Recife (unidade Grupo Oncoclínicas) oferece crioterapia, tratamento que reduz a queda de cabelo em pacientes com câncer, por meio do resfriamento do couro cabeludo, utilizando uma touca. Com a técnica, o paciente perde em média 20 a 30% dos fios e o resultado varia de acordo com o protocolo de quimioterapia utilizado. A queda dos cabelos é um dos efeitos colaterais mais temidos entre as pessoas com câncer, principalmente entre as mulheres.

Cerca de 25% dos jovens de 20 a 25 anos estão sofrendo com a queda de fios
Um dado divulgado pela Sociedade Brasileira do Cabelo no segundo semestre do ano passado, mostra que cerca de 42 milhões de brasileiros sofrem com a calvície, dentro deste contexto, um número que chamou bastante atenção foi a quantidade de jovens com idade entre 20 e 25 anos que estão sofrendo com a queda de fios. Nessa faixa etária, 25% das pessoas são afetadas com a perda de cabelo, estimulados por problemas emocionais e genéticos, alerta o médico
especialista em transplante, Thiago Bianco.


FIQUE POR DENTRO

O que é trombofilia?
A coagulação do sangue é um processo normal do organismo que faz com que cicatrizes sejam fechadas e os coágulos sejam absorvidos naturalmente. A Trombofilia é um  desequilíbrio  nesse processo de coagulação do sangue onde ocorre uma maior formação de coágulos, também chamados cientificamente de trombos.

O que pode causar a trombofilia? A trombofilia é hereditária. As pessoas que manifestam a síndrome têm o fator genético presente, mas nem todas que o possuem vão manifestar a doença. Cada caso deve ser acompanhado individualmente por médicos responsáveis. Ninguém deve tomar qualquer remédio por conta própria.
Alberto Guimarães é médico

Alberto Guimarães

Alberto Guimarães - Foto: divulgação


RECEITA DA HORA

Wrap de pasta de frango com requeijão

Ingredientes (para duas pessoas):
- 2 filés de peito de frango;
- 2 colheres de sopa, bem cheias, de Requeijão Tradicional;
- Pão folha ou o de sua preferência;
- Manteiga sem sal para grelhar;
- Sal, pimenta e salsinha a gosto.

Wrap de pasta de frango com requeijão

Wrap de pasta de frango com requeijão - Foto: Laticínios Regina 

Modo de preparo: Comece grelhando os dois filés de frango, numa frigideira, com um pouquinho de manteiga. Em seguida, coloque no processador de alimentos. Você também pode desfiar e depois colocar no liquidificador. Depois, acrescente o Requeijão Tradicional e um pouco de salsinha, sal e pimenta. Bata bem, até que forme uma pasta. Você pode rechear o pão de sua preferência.

Produzido por: Blog o que tem na geladeira hoje

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: