Saúde e Bem-Estar

Rafael Coelho

ver colunas anteriores
Rafael Coelho, e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @drrafaelcoelho | Facebook: /rafaelcoelho
Rafael Coelho, e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @drrafaelcoelho | Facebook: /rafaelcoelhoFoto: Divulgação

Olá leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar.

Já estamos no outono. Apesar da nossa região não ter as estações definidas, sentimos que o tempo fica mais ameno e as chuvas se intensificam um pouco. Ventos mais fortes são recorrentes. É uma preparação para o inverno, época que aumentam os casos de gripes, resfriados, sinusites e asmas.

Confira algumas dicas para passar bem essa estação do ano:

-Vacine-se contra a gripe

-Use umidificador de ar

-Evite mudanças bruscas de temperatura

-Evite também lugares com aglomeração de pessoas

-Lave todos os dias o nariz com soro fisiológico

-Higienize as roupas de cama, mesa e banho

Com o clima mais ameno deixamos de praticar hábitos que normalmente fazemos no verão:

-Mantenha um plano de atividade física

-Alimente-se saudavelmente, principalmente consumindo frutas e verduras cruas

-Reforce o sistema imunológico com vitamina C

-Beba água (mesmo não sentindo sede)

-Não tome sopas artificiais, prefira as caseiras com legumes e proteínas

-Evite tomar banho muito quente

-Mantenha em dia a limpeza da sua residência

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro!

PÍLULAS

Vacina contra a gripe...

Seis vacinas contra gripe (influenza) tiveram aprovação da Anvisa para uso no Brasil, em 2019. Os produtos autorizados são os que fizeram a atualização das cepas do vírus da gripe, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). O Ministério da Saúde divulgou o esquema da campanha deste ano, que vai de 10 de abril até 31 de maio. A primeira etapa, que terá início no dia 10, vai imunizar crianças de um a seis anos de idade, gestantes e puérperas. A partir do dia 22 de abril, todo o público-alvo.

...Público-alvo da campanha

O público-alvo da campanha de vacinação do SUS, que são gestantes, puérperas, crianças de um a menores de seis anos de idade (cinco anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

EM DIA COM VOCÊ

Sedentarismo e maus hábitos alimentares no topo da lista de causas evitáveis do câncer

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 80% dos casos de câncer no mundo estão relacionados ao nosso modo de vida. Entre os principais fatores responsáveis por este preocupante cenário estão hábitos alimentares pouco saudáveis e falta de uma rotina de exercícios físicos. Por isso, a recomendação da entidade é de que pessoas na faixa etária entre 18 a 64 anos pratiquem pelo menos 150 minutos de exercícios moderados por semana – ou, em média, pouco mais de 20 minutos por dia.

Isso significa que pequenos ajustes na rotina, como caminhar pequenas distâncias, aderir à bicicleta como opção de transporte ou subir e descer escadas ao invés de usar o elevador, podem colaborar para a redução do risco de algumas doenças como diabetes, hipertensão e alguns tipos de câncer.

Estes fatores se tornam ainda mais preocupantes quando levamos em conta sua relação direta com o aumento constante nos registros de algumas modalidades de câncer em jovens. Dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que a doença já é a segunda maior causa de morte entre as idades de 15 a 29 anos no Brasil, perdendo apenas para óbitos relacionados a causas externas (acidentes e violência). Entre 2009 e 2013, a entidade estima que 17.500 jovens morreram em decorrência de tumores malignos.

Confira cinco passos indicados pela que contribuem para a redução global dos riscos de incidência do câncer:

1. alimentação saudável é uma prática associada à prevenção e redução do risco de recidiva de alguns tipos de câncer. A dieta do mediterrâneo, que inclui frutas, peixes, grãos e azeite, é um excelente exemplo;

2. Na maioria dos casos, o câncer de pulmão está associado ao consumo de cigarro ou derivados. Parando agora, sua saúde melhora radicalmente. Em um ano, o risco de doenças ligadas a males do coração, como infarto, cai pela metade. (Dados da SBCT – Sociedade Brasileira de Cirurgia Torácica)

3. A prática regular de atividades físicas contribui na prevenção do câncer. O sobrepeso e a obesidade estão relacionados a cânceres de intestino, endométrio, próstata, pâncreas e mama.

4. Alguns testes genéticos possibilitam a personalização do tratamento de certos tipos de câncer, associado também à identificação de risco e o diagnóstico precoce de doenças hereditárias, incluindo o câncer.

5. O câncer de pele é o tipo mais comum em todo o mundo e pode ser prevenido. Evite e exposição ao sol entre as 10h às 15h. Use protetor solar diariamente com Fator de Proteção Solar (FPS) mínimo de 30 (Fonte: Consenso Brasileiro de Fotoproteção– Sociedade Brasileira de Dermatologia).

Cristiana Tavares é oncologista da Multihemo (Grupo Oncoclínicas)

Cristiana Tavares é oncologista da Multihemo (Grupo Oncoclínicas) - Crédito: Divulgação



*A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo da coluna

Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico.
Pautas para Jademilson Silva – Jornalista - DRT: 3468 Email: contato@jademilsonsilva.com

veja também

comentários

comece o dia bem informado: