Saúde e Bem-Estar

Rafael Coelho

ver colunas anteriores
Ovos de Páscoa
Ovos de PáscoaFoto: divulgação

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar

O ovo de chocolate encanta crianças e adultos. Tem ovos para todos os gostos: recheados, trufados, ao leite, com brinquedos. Ah, mas, o peso na consciência bate após o domingo de páscoa: quanto eu engordei? O chocolate é produzido a partir das sementes de cacau. Em processo industrial, são misturadas ao leite e ao açúcar, aquecidas e moldadas, chegando ao mercado em formato de barra. O chocolate escuro é rico em flavonóides, epicatequina, fenóis e ácido graxo,antioxidantes que ajudam a proteger os vasos sanguíneos, prevenir câncer e promover a saúde do coração. O chocolate branco é o mais calórico e que tem mais gorduras ruins. O uso saudável do chocolate deverá o meio amargo ou amargo (70% de cacau), pois, tem menos açúcar e não tem lactose. O chocolate tem magnésio, outra substância presente nas barras, ajuda a aliviar a ansiedade e a manter o bem-estar. Contém vitaminas A, B, C, D e E, o fósforo e o ferro também podem ser encontrados no chocolate.

Principais benefícios do chocolate amargo:

- Contribui para a boa saúde do coração, pois promove um fluxo adequado de sangue;

- Estimula o sistema nervoso central e os músculos cardíacos;

- Ajuda na manutenção do bem-estar e do bom humor.

Para ter todos os benefícios do chocolate amargo, basta comer um quadradinho de chocolate por dia, pois quando consumido em excesso, pode aumentar consideravelmente o peso e ter dores de barriga, principalmente se for ao leite.

A substância básica do chocolate é o cacau. Rico em flavonóides e antioxidantes, que traz os seguintes benefícios para a saúde:

Melhorar o humor e combater a depressão e a ansiedade, por aumentar a produção de serotonina, o hormônio do bom humor.

Prevenir trombose, devido à presença de flavonol;

Combater o colesterol alto, por ser rico em antioxidantes e prevenir a formação das placas de ateroma;

Prevenir aterosclerose, por prevenir o acúmulo de colesterol nos vasos sanguíneos;

Prevenir anemia, por ser rico em ferro;

Reduzir o risco de diabetes, devido aos antioxidantes flavonoides e por ajudar no combate à resistência à insulina;

Prevenir problemas como demência e derrames, por melhorar a circulação sanguínea, cognição e a memória;

Reduz a pressão porque melhora a qualidade dos vasos sanguíneos;

Ajuda a regular o intestino porque possui flavonóis e catequinas que chegam ao intestino grosso onde podem aumentar a quantidade de bifidobactérias e lactobacillus, que são boas para a saúde;

Ajuda a controlar a inflamação, o que pode ser observado através da redução da quantidade de proteína C reativa no sangue.

O cacau em pó pode ser encontrado em lojas de suplementação e produtos naturais. Poderá ser utilizada em vitaminas de frutas e na própria fruta in natura.

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro

Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico. Pautas para Jademilson Silva – Jornalista - DRT: 3468 E- mail: [email protected]

PÍLULAS

A Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio da Secretaria-Executiva de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde, disponibiliza a versão digital do livro Experiências em Educação Permanente em Saúde no Estado de Pernambuco: formação que se constrói em rede. O livro de 453 páginas organizado pela Diretoria Geral de Educação na Saúde da SES, conta com a participação de trabalhadores, gestores estaduais e municipais, secretários municipais de saúde, estudantes, residentes, pesquisadores, docentes, integrantes de movimentos sociais e usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Informações: www.saude.pe.gov.br

EM DIA COM VOCÊ

Imunidade através de uma alimentação balanceada


Sucos

O clima desta época é bem favorável ao aparecimento de doenças respiratórias, como rinite, gripes, resfriados, assim como doenças inflamatórias como aquela temida garganta inflamada. Sabendo disso, temos que fazer a nossa parte para nos prevenir. Como? Através da alimentação, ela favorece o sistema imune, (responsável pela retirada de agentes ou moléculas estranhas ao organismo, mantendo o corpo em homeostase). O primeiro nutriente responsável pela potencialização da imunidade é o FERRO, alimentos como: carne vermelha, vegetais verdes escuros e leguminosas como o grão de bico e o feijão são ricos desse nutriente. Alimentos ricos em Vitamina C e E, sendo associados a ingestão do ferro tem sua melhor absorção. Sendo elas obtidas através de frutas como acerola, laranja, kiwi, abacate e vegetais. O Gengibre, o Alho, a Pimenta, também são grandes potencializadores para a imunidade. Que tal adicionar esses alimentos e nutrientes ao seu hábito alimentar? Vale salientar que alimentos em específico não substituem uma alimentação completa e equilibrada individualmente através da orientação do seu nutricionista. Individualidade biológica em primeiro lugar, sua saúde agradece.

 

 

Orquídea Constantino (@ideiadenutrir ) CRN6 27531 - é nutricionista formada pelo Centro Universitário dos Guararapes (UNIF)

*A Folha de Pernambuco não se responsabiliza pelo conteúdo da coluna

veja também

comentários

comece o dia bem informado: