Saúde e Bem-Estar

Rafael Coelho

ver colunas anteriores
Rafael Coelho,  e-mail: contato@rafaelcoelho.med.br | Instagram: @rafaelcoelhomed | Facebook: /rafaelcoelho |
Rafael Coelho, e-mail: [email protected] | Instagram: @rafaelcoelhomed | Facebook: /rafaelcoelho |Foto: divulgação

Olá, leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar

Antes de explicar as diferenças, você precisa entender o que são carboidratos. “Carboidratos são compostos orgânicos com uma estrutura rica em átomos de carbonos e hidrogênios.” Vamos simplificar: a principal função do carboidrato no nosso corpo é fornecer energia para as células. Como o carboidrato é uma fonte de energia no organismo, quando consumido em excesso, provoca o ganho de peso ao ser armazenado na forma de gordura. Por isso, para um processo de emagrecimento, basicamente, se faz necessário balancear a perda de energia, por isso a importância da relação “comida-atividade física”. Então, já entendemos que o carboidrato fornece energia para o corpo e, claro, se for bem dosado, precisamos dele no nosso cotidiano, tanto quanto os lipídios e proteínas.

E o que seriam carboidratos simples e complexos?

Carboidratos simples: têm alto índice glicêmico. Os carboidratos simples são digeridos rapidamente pelo organismo. Quando esses alimentos são ingeridos, os carboidratos são rapidamente absorvidos, gerando um pico de glicemia e, em seguida, de insulina no organismo. Os altos níveis de insulina indicam ao corpo esse excesso de carboidrato e fazem com que eles sejam retirados da circulação e armazenados na forma de gordura, o que favorece o ganho de peso e atrapalha a forma física.

Os carboidratos complexos são de baixo índice glicêmico, são alimentos ricos em nutrientes e fibras, o que torna mais lentas a digestão e absorção da glicose, ou seja, não transformam em excesso de gordura em nosso corpo.

Alimentos com carboidratos simples: açúcar, mel, refrigerantes, sorvetes, doces de uma forma geral, chocolates, farinha refinada.

Alimentos com carboidratos complexos: alimentos integrais, sementes, batata doce, inhame, macaxeira, aveia.

Para o emagrecimento, é indicado fazer um cardápio equilibrado e exercícios físicos. Os carboidratos do tipo complexos, pois, saciarão melhor o organismo, além de serem fontes de vitaminas e fibras. O seu intestino agradece. Lembrando que é importante realizar um balanço geral da sua saúde com um médico.

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro

Rafael Coelho* (CRM: 23943/PE) é médico. Pautas para Jademilson Silva – Jornalista - DRT: 3468 E-mail: [email protected]

Pílulas

Abraço pela vida

Símbolo da luta contra o HIV



O Recife Antigo recebeu, ontem, um abraço coletivo para dizer não ao preconceito às pessoas que vivem com o HIV. O ato pelo Dia Mundial de Luta Contra a AIDS chamou a atenção da população, dos turistas e das diversas esferas do governo, em memória das vítimas que se foram em decorrência da AIDS.


Encontro de saúde debate longevidade saudável

Lúcio Maranhão será um dos palestrantes do encontro

Lúcio Maranhão será um dos palestrantes do encontro - Foto: divulgação

O IV Meeting DeAaZ de Medicina & Estética traz sete especialistas em Longevidade, Nutrologia e Medicina da Saúde para um bate-papo descontraído no dia 3 de dezembro na Audi Center Recife, a partir das 18h. Participam do evento o dermatologista Francisco de Assis Filho, a cirurgiã plástica Michelle Lacerda, o médico especialista em Metabologia Victor Nóbrega, a cirurgiã-dentista especialista em Harmonização Orofacial Edjany Sá e o cirurgião-dentista Paulo Lopes, especialista em lentes de contato dentais, próteses e implantes. Além dos oftalmologistas Ana Catarina Delgado, Hellmann Cavalcanti e Lúcio Maranhão. Para se inscrever basta ligar para o telefone 81 98291.8436. O IV Meeting DeAaZ de Medicina & Estética é realizado pela Thorpe Marketing e Comunicação.


Palavra do Especialista

Dezembro Laranja alerta sobre câncer de pele neste final de ano

 

Campanha Dezembro Laranja

Campanha Dezembro Laranja - Foto: divulgação

O final de ano é marcado por altas temperaturas no litoral pernambucano, confraternizações na praia é uma excelente opção para quem busca relaxar e entrar em contato com a natureza. Porém, é importante lembrar que a exposição solar é um fator de risco para o câncer de pele, que atinge cerca de 200 milhões de brasileiros por ano, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Em função disso, desde 2014 acontece o Dezembro Laranja, campanha que busca alertar acerca dos riscos associados a doença. No caso dos brasileiros, o problema torna-se mais grave porque boa parte da população ainda não tem o hábito de passar filtro solar antes de se expor ao sol.

Os responsáveis pelas queimaduras do sol são os raios UVB, já aos raios UVA são atribuídos os sinais de envelhecimento das células presentes na epiderme. Ambos aumentam o risco do câncer de pele, dessa maneira, na hora de comprar o protetor solar é importante saber que o FPS (fator de proteção solar) está ligado à proteção contra os raios UVB e a proteção contra os raios UVA é um terço do FPS rotulado. Por isso, é indicado o uso de protetor solar com FPS mínimo de 30. Muita gente não sabe passar a quantidade correta de protetor solar, recomendamos que o paciente use o equivalente a uma colher de sopa cheia em todo corpo, reaplicando a cada duas horas ou depois que entrar em contato com água.

Existem também outras medidas fotoprotetoras, como evitar os horários de maior incidência solar (das 10h às 16h), utilizar chapéus de abas largas, óculos para sol com proteção UV e roupas que cubram boa parte do corpo. Além disso, os danos causados pelo sol são cumulativos, ou seja, com o passar da idade, maior a possibilidade de ocorrerem manchas e tumores malignos, o cuidado também precisa ser redobrado para quem já possui histórico da doença na família. Existem dois tipos de câncer de pele, o “melanoma”, com origem nas células produtoras de melanina e o “não melanoma”, responsável por 30% de todos os casos registrados no Brasil ressalta. Ela também explica a importância de visitar o dermatologista no caso de suspeita da doença, já que o diagnóstico precoce pode ter até 90% de chance de cura.

Uma lesão indicativa de câncer tem algumas características, sendo elas:

. Aparência elevada e brilhante, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida e que sangra facilmente;

. Pinta preta ou castanha que muda de cor e textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;

. Mancha ou ferida que não cicatriza e continua a crescer, apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Ao perceber qualquer um desses sintomas, procure um médico especialista para confirmar diagnóstico e iniciar o tratamento.

 

Rosana Chagas é dermatologista da clínica Real Derma

Rosana Chagas é dermatologista da clínica Real Derma - Foto: Vinícius Ramos/divulgação

Rosana Chagas é dermatologista da Real Derma. @realdermarecife @rosanachagasdermato

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: