Saúde e Bem-Estar

Rafael Coelho

ver colunas anteriores
Suplementação
SuplementaçãoFoto: Pixabay

Olá leitores e internautas que acompanham a coluna Saúde e Bem-Estar

Será que existe relação entre imunidade e suplementação? Caso o paciente tenha deficiência de vitaminas, sais minerais e nutrientes, a suplementação pode ser receitada pelo médico ou nutricionista. É preciso ter uma avaliação clínica e exames laboratoriais para mensurar a deficiência de nutrientes no organismo, tais como: vitamina D, vitamina B, selênio, zinco e glutamina. Esses elementos são importantes para o bom funcionamento do sistema imunológico.

Com o processo de envelhecimento, a absorção dos nutrientes pelo organismo não ocorre como anteriormente, sendo assim, aumentando o risco de carências nutricionais. Então, pessoas com mais de 60 anos, podem usar suplementos. Proteínas de alto valor biológico e aminoácidos essências são fundamentais para esta fase da vida.

Leia também:
Isolamento imposto por coronavírus desregula sono, alimentação e trabalho
Vitamina D é uma importante aliada do sistema imunológico

Eu sempre faço uso da frase de Hipócrates, "Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio".

Suplementação alimentar é algo muito bom, principalmente quando a alimentação sozinha não pode suprir determinadas carências nutricionais. A internet está cheia de receitinhas mágicas para aumento da imunidade e é preciso ter muito cuidado. Consulte seu médico e o nutricionista.

Busque sempre a sua melhor versão. Siga-me nas redes sociais e fique sempre atualizado com informações sobre saúde e bem-estar. Obrigado e até o próximo encontro.

*Rafael Coelho (CRM: 23943/PE) é médico.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: