Elisângela dos Anjos, mãe de jovem mordido por tubarão em Piedade
Elisângela dos Anjos, mãe de jovem mordido por tubarão em PiedadeFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

A mãe do rapaz de 18 anos que morreu após ser atacado por um tubarão na praia de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, fez um alerta e pediu para que os banhistas não entrem no mar. "Não entre na água. A água é do tubarão. Não é mais pra gente", disse Elisângela dos Anjos. A mulher esteve no Hospital da Restauração, no bairro do Derby, na área Central do Recife, na manhã desta segunda-feira (4). O filho dela, José Ernesto Ferreira da Silva Neto, morreu por volta das 4h.

Leia também
Morre jovem mordido por tubarão na praia de Piedade


Ela recebeu, por volta das 5h, uma ligação do serviço social da unidade de saúde. "Quando eles ligaram, eu já pensei o pior. A gente só era para ir às 8h, mas ligaram pedindo para a gente ir antes", disse Elisângela, que informou que, ao chegar ao local, recebeu a notícia de que o filho havia morrido. A família chegou a visitar o jovem no HR, na noite do domingo (3), quando ele passou por cirurgia

O rapaz lutava capoeira e tinha o sonho de servir às Forças Armadas. Elisângela contou que o filho era um rapaz bom, carinhoso, beijoqueiro, mas que sempre foi afoito. "Ele era treloso e sempre gostou de pular e subir no telhado", disse. A mãe do jovem contou que ela e o marido não deixavam que os filhos entrassem no mar. “A última vez que a família esteve na praia foi no Dia das Crianças. A gente viu um tubarão na água e eu mostrei a eles. Disse: ‘está vendo o tubarão, não entrem’, disse a mulher.


veja também

comentários

comece o dia bem informado: