'Nova CPMF' é tiro do candidato da bala contra o povo, diz Alckmin

Tucano adotou tom mais incisivo e tenta atrair o eleitorado antipetista que orbita em torno de Bolsonaro

Geraldo Alckmin, candidato pelo PSDBGeraldo Alckmin, candidato pelo PSDB - Foto: Evaristo Sá/ AFP

Em ato de campanha em Guarulhos (SP), o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) explorou a proposta do economista Paulo Guedes, que assessora o candidato Jair Bolsonaro (PSL), de recriar um imposto nos moldes da CPMF. "O primeiro tiro do candidato da bala foi dado e contra o povo", disse, nesta quinta-feira (20), de cima de um banco em calçadão no centro da cidade.

"Já está querendo criar mais um imposto para a população sofrida do Brasil." Com desempenho nas pesquisas estagnado, o tucano adotou tom mais incisivo e tenta atrair o eleitorado antipetista que orbita em torno de Bolsonaro.

Alckmin pediu o voto dos que o assistiam para chegar ao segundo turno e, lá chegando, disse, vencerá. O senador José Serra (PSDB) o acompanhou no percurso de meia hora.

Leia também:
Haddad está no segundo turno, mas Bolsonaro vai cair, diz Alckmin
Para Haddad, proposta de Bolsonaro é um 'pequeno desastre'

Veja também

Internado com Covid-19, idoso reencontra cachorrinha de estimação em despedida emocionante
Folha Pet

Internado com Covid-19, idoso reencontra cadela de estimação em despedida emocionante

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos no Recife
RECIFE

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos