RECIFE

Concluída obra de terceiro trecho da nova avenida radial da Zona Norte do Recife

Trecho tem extensão de 1,3 km

Trecho contempla cicloviaTrecho contempla ciclovia - Foto: Rodolfo Loepert/PCR/divulgação

A Prefeitura do Recife entregou, nesta segunda-feira (16), a conclusão da obra do terceiro lote da nova avenida radial da cidade, projetada para criar outro acesso entre a região do Arruda e a BR-101, na Zona Norte da capital pernambucana. 

Essa terceira etapa mede 1,3 quilômetro e vai do antigo Centro de Treinamento do Santa Cruz até as proximidades da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Minerva, em Dois Unidos. 

O trecho, segundo a prefeitura, recebeu investimentos de cerca de R$ 18,3 milhões e contou com serviços de pavimentação, drenagem, esgotamento sanitário e ciclovia.

Com esse nova etapa, a radial contempla agora quatro dos oito quilômetros previstos entre o Canal do Arruda e  BR-101, incluindo as vias já existentes, e fará a conexão até as proximidades da Avenida Agamenon Magalhães.

 



Em julho do ano passado, o prefeito João Campos entregou as obras do Lote 2, que margeia o Rio Beberibe entre a Rua Cidade de Monteiro e o CT do Santa Cruz, numa extensão de 1,5 km, além de uma nova avenida de 700 metros implantada às margens do Rio Morno, até a Rua Guarajá. Antes, já havia sido concluído o Lote 1, da Avenida José dos Anjos até a Rua dos Craveiros, de 1,2 km. 

O novo trecho fica às margens do Rio Beberibe e melhora a mobilidade na região por meio das diversas vias transversais que fazem a ligação com a Avenida Hildebrando de Vasconcelos.

Além disso, o lote 3 se conecta diretamente com o trecho existente da via marginal, criando uma avenida de mais de 2 km que já pode ser usada pela população.

 

 

Veja também

Golpe da portabilidade do salário: nova fraude faz pagamento 'sumir' da conta das vítimas; entenda
Roubo de dados

Golpe da portabilidade do salário: nova fraude faz pagamento 'sumir' da conta das vítimas; entenda

Em cinco dias, choveu acima da média para julho em 45 municípios de Pernambuco
Dados da Apac

Em cinco dias, choveu acima da média para julho em 45 municípios de Pernambuco