Covid-19 EM PERNAMBUCO

Novo lote de vacina da Pfizer chegou a Pernambuco para grávidas, puérperas e pessoas com comorbidade

Vacina da Pfizer contra a Covid-19Vacina da Pfizer contra a Covid-19 - Foto: Heudes Regis/SEI

Divididas em sete caixas térmicas, 46.800 doses da vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 chegaram a Pernambuco na noite dessa segunda-feira (10). O lote, o segundo desse imunizante no Estado, foi desembrcado às 20h45 no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, na Zona Sul da capital pernambucana.

Do aeroporto, a remessa foi levada para acondicionamento no Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), onde ficarão disponíveis para os municípios de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife.

A orientação é que a vacina seja aplicada nas pessoas com comorbidades, incluindo grávidas e puérperas (até 45 dias após o parto).

O primeiro lote da vacina da   Pfizer/BioNTech havia chegado a Pernambuco exatamente uma semana antes, no último dia 3, e continha 17.550 doses. 

“Isso [a chegada do imuzante] aumenta nossa esperança de atender cada vez mais pernambucanas e pernambucanos. Sabemos que ainda há um grande contingente de pessoas a serem vacinadas, e permanecemos empenhados em garantir que novas remessas cheguem o mais rápido possível ao Estado”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Vacina da Pfizer contra a Covid-19
 

A vacina está sendo armazenada no Programa Estadual de Imunização em freezers específicos, que as mantêm na temperatura correta, entre -25°C e -15°C, podendo permanecer assim por até duas semanas. 

“Pelas especificações técnicas desse fabricante, vamos manter as doses entre as cidades de Olinda, Jaboatão dos Guararapes e Recife, conforme pactuado anteriormente com o Governo Federal, Estado e municípios. O Programa Estadual de Imunização tem feito a guarda das vacinas e, sempre que solicitado, repassa ao ente municipal”, explicou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

A previsão, segundo a superintendente de Imunizações da Secretaria Estadual de Saúde, Ana Catarina, é que já na manhã desta terça (11), tenha início a distribuição, "para que os municípios consigam utilizar as doses imediatamente”.

Ao ser entregue às cidades, a vacina da Pfizer deve ser guardada em temperatura entre 2° C e 8° C, mas somente por, no máximo, cinco dias. Após aberto o frasco, o prazo para utilização de todo o conteúdo, com seis doses, é de seis horas. A orientação do Ministério da Saúde é que a segunda dose desse imunizante deve ser feita três meses após a primeira.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)


Balanço
Com mais essa remessa, Pernambuco soma o recebimento de 3.182.580 vacinas contra a Covid-19, sendo 1.830.160 da Coronavac/Butantan, 1.288.070 da Astrazeneca/Fiocruz e 64.350 da Pfizer/BioNTech. 

 

Já estão sendo imunizados nesta campanha todos os idosos a partir dos 60 anos, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde, trabalhadores de forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC.

Veja também

Pernambuco recebe mais 310 mil doses de vacinas da Astrazeneca/Fiocruz
Vacina

Pernambuco recebe mais 310 mil doses de vacinas da Astrazeneca/Fiocruz

Pernambuco registra 964 novos casos da Covid-19 e 38 mortes
Coronavírus

Pernambuco registra 964 novos casos da Covid-19 e 38 mortes