NY tem aumento de óbitos por Covid-19, mas contágios caem

Segundo o governador, foram menos cerca de 1.500 internações nesta segunda (13) em relação ao começo de abril

Equipes fazem transporte de vítimas no BrooklynEquipes fazem transporte de vítimas no Brooklyn - Foto: David Dee Delgado/Getty Images North America/

O estado de Nova York registrou 778 mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, contra 671 no dia anterior, mas as novas internações nos hospitais diminuíram, informou o governador Andrew Cuomo nesta terça-feira (14). O aumento das mortes em um dia elevou o número total de mortos no estado, que é o epicentro da Covid-19 nos Estados Unidos, para 10.834.

Leia também:
Maioria dos mortos pela Covid-19 em Nova York são latinos
Prefeito de Nova York anuncia fechamento de escolas públicas até o final do ano escolar
EUA só ajudarão Brasil com insumos médicos quando crise melhorar, afirma secretário de Estado americano

Segundo Cuomo, as infecções continuam a diminuir, e a taxa de hospitalizações e intubações também. O governador detalhou que as novas internações hospitalares foram de cerca de 1.600 na última segunda-feira (13), muito menos do que o pico de mais de 3.400 registrado no início de abril. "Estamos reduzindo a taxa de infecção", disse Cuomo. "Estamos mudando a curva todos os dias. Mostramos que controlamos o vírus, o vírus não nos controla", acrescentou.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Recife volta a adiantar aplicação de segunda dose de Astrazeneca para o intervalo de 60 dias
Vacinação

Recife volta a adiantar aplicação de segunda dose de Astrazeneca para o intervalo de 60 dias

Recife oferece mais dois pontos itinerantes de vacinação contra a gripe
SAÚDE

Recife oferece mais dois pontos itinerantes de vacinação contra a gripe