doença

O que é paniculite mesentérica, doença rara descoberta por Priscila Fantin; entenda

Se não tratada, enfermidade pode gerar necrose, fibrose e retração do órgão, Priscila Fantin venceu o quadro do programa de Luciano Huck

Priscila Fantin, vencedora do quadro Dança dos Famosos Priscila Fantin, vencedora do quadro Dança dos Famosos  - Foto: Reprodução

A atriz Priscila Fantin, 40 anos, venceu no domingo (2) a atual temporada da "Dança Dos Famosos", quadro do programa apresentado por Luciano Huck. Mas não foram as coreografias que se mostraram um desafio para a atriz. Durante a disputada, ela afirmou que passou por uma infecção rara no intestino, o que prejudicou sua rotina de ensaios.

“Nossa primeira apresentação no Dança dos Famosos exigiu muita garra! Até mesmo durante a semana de ensaios, já que fui acometida por uma paniculite mesentérica que tirou toda minha energia e disposição. Gostaria de ter me dedicado 100% como sempre faço e isso por si só já foi um problema pra mim. Eu dei o meu melhor”, disse.

O que é a paniculite mesentérica?
A paniculite mesentérica é considerada rara e é caracterizada pela inflamação do mesentério, uma camada de gordura que une a parede do abdômen e o intestino, além de ser repleto de vasos sanguíneos por onde é feito a irrigação das vísceras.

Por muito tempo, o mesentério foi considerado simplesmente como uma membrana fragmentada que atuava na ligação do aparelho digestivo, entretanto, há alguns anos, após a conclusão de muitas pesquisas, ele foi elevado ao patamar de órgão.

A enfermidade ataca especificamente o tecido adiposo do mesentério, ocasionando uma inflamação crônica não específica que, em caso de agravamento, pode gerar necrose, fibrose e retração.

Sintomas da paniculite mesentérica
Segundo a literatura médica, a enfermidade costuma acontecer em pessoas entre 50 e 70 anos e em homens na sua maioria, porém isso não exclui ocorrer em mulheres mais jovens, como é o caso de Fantin.

Ainda não se sabe o que faz essa inflamação ocorrer. Especialistas afirmam que pode vir de doenças autoimunes, processos inflamatórios ou infecciosos de outras partes do corpo. O que se sabe é que o principal sintoma da doença são dores abdominais fortes crônicas que vem e vão com certa frequência. Além desse incomodo no abdômen, causado pelo retraimento do mesentério, o paciente ainda pode sentir diarreias, cólica intestinal, náuseas e vômitos.

Há pessoas também que são assintomáticas e só descobrem a condição após fazer exames de imagem, como uma tomografia computadorizada, para investigar suspeitas de outras doenças.

Tratamento da paniculite mesentérica
O principal tratamento para quem sofre da inflamação no intestino é cuidar da alimentação. Especialistas sugerem que durante as crises de dores, os pacientes evitem comidas gordurosas, fritura, e alimentos pesados, com muita fibra, ou alimentos crus.

Os médicos também podem prescrever antibióticos em casos de paniculite mesentérica causados por infecção. Além disso, exames de imagens também podem ser feitos durante o processo para acompanhar a situação do paciente.

Veja também

Cachorro mais alto do mundo é reconhecido pelo "Guinness"; veja altura e imagens
FOLHA PET

Cachorro mais alto do mundo é reconhecido pelo "Guinness"; veja altura e imagens

Deslizamento de terra deixa seis mortos em zona turística do Equador
Tragédia

Deslizamento de terra deixa seis mortos em zona turística do Equador

Newsletter