O que é saudade? Por que nós sentimos? Veja vídeo

Saudade é a necessidade de reviver algo que não se tem mais. Para não sofrer, é preciso aproveitar ao máximo tudo que se ama.

Iron Mendes Jr com a sua saudadeIron Mendes Jr com a sua saudade - Foto: Zé Britto

“A saudade é a presença da ausência”, escreveu Fernando Pessoa. “Amarga que nem jiló”, cantou Luiz Gonzaga. Mário Quintana preferiu explicar: “É o que faz as coisas pararem no tempo". Na semana em que se comemora o Dia da Saudade, as três óticas se diluem nas lembranças mostradas por leitores da Folha de Pernambuco.

O historiador Iron Mendes Júnior tem saudade de se juntar com os amigos de escola em volta de uma jaqueira. Era o pior do grupo nas bolas de gude, mas o que sentia na confraternização com as outras crianças ficou marcado. “É algo que nunca vai acontecer de novo, daquele jeito, e por isso mexe muito comigo. Revivi o sentimento de uma forma diferente em outros encontros e acho que isso é a forma do tempo amadurecer nossa memória, reconstruí-la. Porque a história é fixa, é um fato, mas a memória é fluida, corre de acordo com os sentimentos.”

O professor de psicologia da UFPE Sylvio Ferreira destrincha a saudade. Ela acontece quando algo não é vivido ao esgotamento, curso natural de uma experiência ou relação. “Boas lembranças não precisam remeter a querer reviver a situação. Eu adorava tomar banho de rio quando era criança, por exemplo. Mas hoje não tenho mais interesse. O segredo para a saudade não doer é viver e aproveitar ao máximo enquanto as coisas estão por perto”, revela.

Há ainda as sensações boas que registramos como âncoras soltas no tempo. E, quando a realidade não é tão confortável, voltamos a elas. “A comum saudade da infância, de quando não se tinha responsabilidades, está ligada a isso. Em vez de uma lembrança prazerosa, há um complexo de Peter Pan, em que a pessoa não quer crescer”, observa Sylvio.

Quando contou à mãe que era gay, o estudante de direito Vinícius Castello foi acolhido. Sentiu aconchego e liberdade porque podia ser quem era. É o ponto no tempo confortável que o ampara. “Um olhar, um comentário ou ações negativas que acontecem pelo motivo de eu ser gay. Quando isso acontece, a primeira imagem que me vem à cabeça é ela. Porque, nesses momentos, não me sinto amado e não me sinto à vontade para ser quem eu sou. Dá saudade de ser.”



A representante do Movimento Negro Unificado Marta Almeida tem no Encontro Nacional da Juventude Negra em Lauro de Freitas, na Bahia, em 2007, esse bom momento no tempo. Ela tem saudade da específica sensação de dever cumprido que sentiu ao ver a chegada das delegações. “Discutimos políticas públicas e avançamos muito naquele ano.” Ela mistura os dois temas, saudade e negritude, e lembra o banzo das pessoas capturadas e trazidas ao Brasil nos navios negreiros. “Era uma saudade da terra natal que matava”, explica. “Nós, negros, sentimos uma saudade da nossa ancestralidade, da nossa tradição. Contudo não é uma saudade que dói.”

Esse sentimento abstrato pode ser ainda mais confuso. O cineasta Kleber Mendonça Filho, por exemplo, sente falta de algo que nunca viveu, mas construiu na memória a partir de histórias a que teve acesso. “O Recife dos anos 40 e 50, à disposição da cidade, os cinemas da época, as pessoas. Muito disso vem de fotografias, jornais, dos prédios e ruínas. E a imagem que você faz na cabeça é a saudade.”

O juiz de direito João Targino tem saudade de um ensinamento específico da mãe, que faleceu há cinco anos. Pessoa simples, ela dizia para encarar qualquer situação com naturalidade. Fosse uma formatura ou um encontro com o papa. Encontro esse que ele já realizou cinco vezes devido ao trabalho social que promove com a Orquestra Cidadã. “Eu pus em prática o ensinamento e estive muito tranquilo em todas as grandes situações da minha vida. E, sempre que coloco em prática, ela está comigo novamente.”

Veja também

Hospital das Clínicas da UFPE/Ebserh receberá pacientes com Covid-19 de Manaus
Ajuda

Hospital das Clínicas da UFPE/Ebserh receberá pacientes com Covid-19 de Manaus

Enem 2020: Inep divulga orientações para os participantes
Educa Mais

Tudo o que você precisa saber sobre o Enem 2020