Oásis verde completa 40 anos

Inaugurado em 1979, o Jardim Botânico do Recife traz novidades para o público e relembra a importância da preservação do meio ambiente

Jardim Botânico ganha trilha acessível, área de contemplação de passifloras e um aplicativo que serve de monitorJardim Botânico ganha trilha acessível, área de contemplação de passifloras e um aplicativo que serve de monitor - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Localizado no bairro do Curado, o Jardim Botânico é como um oásis verde em meio à Zona Oeste do Recife. Com os mais de 100 mil metros quadrados distribuídos entre lazer e exibição de plantas, a unidade de preservação celebra seus 40 anos hoje, trazendo novidades que unem a contemplação do meio ambiente, acessibilidade e tecnologia.

Nesta manhã, o espaço abrigará um evento promovido pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife. Durante a solenidade, será lançada a “trilha acessível”. Aberta ao público, a via possui extensão de 50 metros e é principalmente voltada para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Leia também:
Consumir sem destruir o meio ambiente
Poder medicinal das plantas ajuda no combate a doenças
Alunos criam jardim em escola pública em Afogados


“O aniversário é do Jardim, mas quem sempre ganha é a população”, comemora o gerente do Jardim Botânico, Sérgio Rocha. A partir de agora, o espaço também disponibilizará mais uma área de contemplação, com a coleção de Passifloraceae em uma espécie de jardim suspenso, que conta com 11 torres de diferentes espécies de flores de maracujá.

“A importância do jardim é um espaço dentro da área urbana é imensurável, e temos como objetivo a preservação da Mata Atlântica, a prática de pesquisas e ações que contribuam com a população”, explica Sérgio. O Jardim Botânico do Recife, considerado o quinto melhor do país segundo o Ministério do Meio Ambiente, agora também conta com um aplicativo de mesmo nome, que funciona como um monitor tecnológico para o visitante.

O app, que foi desenvolvido pelos estudantes e um professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), utiliza dados de orientação através do GPS para oferecer melhor experiência na visita do espaço. Textos, áudios, imagens e até mesmo um mapa são disponibilizados para o visitante, além do serviço oferecido pelo Jardim.

Atualmente, a unidade de preservação conta com um jardim sensorial, voltado a pessoas com deficiência visual, orquidário, bromeliário, cactário e um jardim tropical. A solenidade em comemoração a inauguração do Jardim trouxe, além do lançamento das novidades, a presença do prefeito Geraldo Julio, o ex-prefeito Gustavo Krause, responsável pela implantação de coleções botânicas, jardins e da unidade de preservação, e o secretário do Meio Ambiente do Recife, José Neves Filho, além da apresentação do coral Pró-Criança.

O Jardim Botânico compõe o que ambientalistas chamam de um cinturão verde, por ser uma área de preservação que se conecta com outras em meio a um centro urbano. Segundo a professora de gestão e impacto ambiental da UFRPE, Soraya El-Deir, o espaço promove a formação da educação ambiental no recifense e no pernambucano em geral, e traz a identidade ambiental da cidade em meio à “selva de pedra” cotidiana.

“Através dessa diversidade de plantas e animais, a população tem esse maior contato com algo que está ficando cada vez menos comum: a natureza. As práticas do Jardim são de extrema importância socioambiental e servem como exemplo para o desenvolvimento de mais espaços como esse”, reflete.

SERVIÇO
Jardim Botânico do Recife
Rodovia BR-232, sem número
Aberto de terça à quinta, 9h às 15h30
Entrada grátis

Veja também

Quadrilha explodiu o cofre errado e fugiu sem levar dinheiro em Cametá, diz governador do Pará
assalto

Quadrilha explodiu o cofre errado e fugiu sem levar dinheiro em Cametá, diz governador do Pará

Operação encontra ligação entre estabelecimentos que comercializam sucatas e furtos na RMR
Polícia

Operação encontra ligação entre estabelecimentos que comercializam sucatas e furtos na RMR