Espaço

Observatório da Sé monta programação especial para eclipse lunar de domingo (15)

Espaço terá sete telescópios disponíveis para o público

Observatório Astronômico do Alto da SéObservatório Astronômico do Alto da Sé - Foto: Cleiton Batista

A observação do eclipse lunar total do próximo domingo (15) terá uma programação especial no Observatório Astronômico do Alto da Sé. O espaço, que fica em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, terá sete telescópios disponíveis a partir das 18h.

O fenômeno, de fato, começará às 22h32, quando a Lua entra na fase penumbral, e atinge seu máximo à 1h11 da segunda-feira (16). 

A observação terá transmissão simultânea no Instagram do Espaço Ciência (@espacociencia_pe)

Também será possível visualizar, durante a madrugada, os planetas Júpiter, Saturno e Marte.

O eclipse lunar será visível nas Américas do Norte e do Sul, Europa, África e partes da Ásia. 

Para quem está no Brasil, o eclipse lunar será total e visível do início ao fim.

Eclipse lunar
O fenômeno se dá quando a Terra está entre a Lua e o Sol. Quando ocorre um perfeito alinhamento entre os três, o eclipse é total: a Lua penetra no cone de sombra da Terra, deixando de ser visível para quem está na Terra.

O momento culminante ocorre quando a Lua entra na chamada região de Umbra, ou seja, fica totalmente encoberta pela sombra da Terra. 

No entanto, como a luz do Sol não é totalmente bloqueada durante o eclipse, a faixa do espectro visível, que se aproxima ao vermelho, chega à superfície da Lua e deixa o nosso satélite natural avermelhado.

Horários
Domingo (15)

Abertura do Observatório: 18h
Início da observação da Lua: 18h30
Início da fase penumbral do eclipse: 22h32
Início da fase parcial do eclipse: 23h27

Segunda-feira (16)
Início da fase total do eclipse: 0h29
Máximo do eclipse total: 01h11
Fim do eclipse total: 01h53
Fim da fase parcial do eclipse: 02h55
Fim da fase penumbral do eclipse: 03h50
 

Veja também

Jornalista divulga pesquisa sobre filho bastardo do imperador Pedro I
história

Jornalista divulga pesquisa sobre filho bastardo do imperador Pedro I; confira detalhes

Justiça nega habeas corpus para o modelo Bruno Krupp
acidente

Justiça nega habeas corpus para o modelo Bruno Krupp