Oito estabelecimentos comerciais são fechados durante fiscalização em Paulista

O diretor do departamento de Defesa Civil de Paulista, Alexandre Chacal, reforçou a importância da colaboração da população nas ações de combate ao novo coronavírus

Ação de fiscalização no comércio de PaulistaAção de fiscalização no comércio de Paulista - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Paulista realizou, nessa segunda-feira (25), ações educativas e de fiscalização no comércio da cidade. Guardas municipais e agentes da Defesa Civil visitaram estabelecimentos de diversos bairros da cidade para orientar clientes e comerciantes quanto as medidas de prevenção ao novo coronavírus e fiscalizar a abertura de lojas com serviços não essenciais. Durante a ação, oito estabelecimentos comerciais, entre lojas de roupas, bancas de jogo de bicho e lojas de importados, foram fechados.

O diretor do departamento de Defesa Civil de Paulista, Alexandre Chacal, reforçou a importância da colaboração da população nas ações de combate ao novo coronavírus. “Nós estamos numa grande força-tarefa para combater a disseminação do novo coronavírus. Mesmo com o decreto estadual que determina o fechamento de estabelecimentos considerados não essenciais, alguns comerciantes ainda insistem em manter os serviços abertos. Para que essa campanha tenha êxito, é necessário a colaboração de todos”, afirmou o diretor.

Leia também:
Saque do auxílio emergencial pode ser feito no North Way Shopping, em Paulista
Brasil regista 653 novas mortes por coronavírus nas últimas 24h

Para denunciar a aglomeração de pessoas ou o funcionamento de lojas e comércios não essenciais, a população de Paulista pode entrar em contato com a Polícia Militar (190), com a Guarda Municipal (153) ou com a Diretoria de Controle Urbano (081 99635-0392). Todos os contatos estão funcionando em regime de plantão.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Covid-19 deixa crematório alemão lotado de vítimas
CORONAVÍRUS

Covid-19 deixa crematório alemão lotado de vítimas

Empresa poderá vacinar contra Covid em clínica, diz entidade
Vacina

Empresa poderá vacinar contra Covid em clínica, diz entidade