Chuvas

Olinda divulga balanço dos danos causados pela chuva e detalha força-tarefa de apoio

Apenas nas últimas 24 horas, a cidade registrou 182,25mm de chuva; 19 deslizamentos foram registrados

Deslizamento de barreira no Córrego do Abacaxi, em Caixa D´ÁguaDeslizamento de barreira no Córrego do Abacaxi, em Caixa D´Água - Foto: Alexandre Aroeira/Folha de Pernambuco

A Prefeitura de Olinda divulgou, na noite desta quarta-feira (25), um balanço das ações que tem realizado para conter os danos causados pelas chuvas que atingiram a cidade nesta semana. As ações vem sendo realizadas pela Defesa Civil e pela Secretarua de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, com equipes nas ruas, realizando inspeção e acompanhamento de áreas de risco, além da realização de triagem e identificação das famílias afetadas pelos estragos. 

De acordo com a Defesa Civil de Olinda, até as 19h desta quarta-feira, foram registrados 19 deslizamentos de barreiras, nos bairros de Águas Compridas, Caixa Dágua, Monte, Alto da Bondade, Jatobá, Alto da Conquista, Córrego da Bondade. Desses, apenas o deslizamento no Córrego do Abacate, em Águas Compridas, registrou um óbito. Também foram registrados três deslizamentos de muros, nos bairros de Jardim Fragoso, Jatobá e Bultrins. Uma queda de árvore foi registrada.

No dia, foram registrados 132 solicitações de colocação de lonas plásticas, 10 pedidos de erradicação de vegetação, além da realização de sete vistorias de barreiras e seis vistorias de imóveis, pela Defesa Civil. 

A Defesa Civil reforça que está atuando em esquema de plantão de 24 horas, por conta das fortes chuvas na cidade. O órgão retomou a operação da Central de Atendimento, pelo número 0800 081 0060. A população também pode entrar em contato pelo Whatsapp, no número 99266-5307

Já a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, reforça que dará continuidade ao trabalho de triagem e identificação das famílias atingidas em diversas localidades, sendo ofertado o devido abrigamento, assim como orientação e cadastramento em programas sociais. A gestão municipal ressalta, ainda, o mutirão de distribuição de cestas básicas, colchões, cobertores e outros insumos.

Apenas nesta quarta-feira, foram 190 pessoas desalojadas atendidas pela Secretaria. A Secretaria de Educação forneceu alimentação, com cerca de 80 hotbox (caixas térmicas com alimentos, como feijão, batata-doce, fígado, frango, arroz e sopa), sendo distribuídos nos pontos de acolhimento às famílias desabrigadas. Ao todo, três polos de apoio seguirão em operação, estando localizados na Escola Pro Menor, em Rio Doce; Escola CAIC, em Peixinhos; e na Escola Duarte Coelho, no Bonfim.

Para esta quinta-feira (26), a prefeitura se mobiliza novamente para a distribuição de cerca de 300 refeições (cafés da manhã, almoço e jantar), incluindo também a população de rua. A gestão municipal também ampliará o quantitativo de colchões e cobertores. Para a população em vulnerabilidade, serão disponibilizadas mais 50 vagas para acolhimento, no espaço do Grito da República, localizado no bairro de Rio Doce.
 

Veja também

Bispo mexicano propõe 'pacto social' que inclua traficantes de drogas
México

Bispo mexicano propõe 'pacto social' que inclua traficantes de drogas

Festa do Carmo interdita faixa da Av. Dantas Barreto, no Centro do Recife
PADROEIRA DO RECIFE

Festa do Carmo interdita faixa da Av. Dantas Barreto, no Centro