Olinda realiza desratização e controle de focos de Aedes para o Carnaval

Ação quer prevenir ocorrência de leptospirose e das arboviroses durante a folia de Momo

Cerca de seis mil imóveis estão na rota do mutirão no Sítio HistóricoCerca de seis mil imóveis estão na rota do mutirão no Sítio Histórico - Foto: Alfeu Tavares/ Arquivo Folha

O Sítio Histórico de Olinda será alvo de um mutirão de desratização e busca de focos do Aedes aegypti nesta quarta-feira (31), a partir das 8h30. Ao longo do percurso, estão cerca de seis mil imóveis que devem receber as ações preventivas para o Carnaval. A meta é diminuir o risco da ocorrência de leptospirose - transmitida pela urina de ratos infectados - e dengue, zika e chikungunya (carregados pelo Aedes) entre os foliões que forem passar a festa na Cidade Alta.

Uma equipe de 115 profissionais da Secretaria de Saúde da cidade foi mobilizada para a força-tarefa. São três biólogos, 19 supervisores e 93 agentes de endemias. Serão disponibilizados cerca de três mil blocos parafinados e 200 kg de pó de contato para combater os roedores. Os técnicos irão aplicar os produtos nas vias públicas, residências e outros pontos estratégicos. O coordenador de Centro de Vigilância Ambiental de Olinda (Cevao), Henrique Silva, destacou que os produtos são seguros e não agridem o meio ambiente. Moradores e visitantes também serão orientados sobre o acondicionamento adequado do lixo.

Leia também:
PE: Leptospirose persiste e fecha 2017 com aumento de casos
Suspeita de leptospirose cresce 24%


“Esta é uma ação preventiva que acontece antes do Carnaval porque a gente sabe que com o quantitativo de pessoas que vem brincar o Carnaval em Olinda também gera acumulo de lixo e muitos acabam descartando os alimentos de forma inadequada. Essa desratização é para minimizar o impacto na cidade”, disse Henrique Silva. Olinda teve, em todo o ano de 2017, mais de 100 notificações de leptospirose e pelo menos um óbito confirmado. Em 2018, não há relato de caso suspeito na cidade.

Para evitar qualquer possibilidade de contágio por leptospirose, a indicação do coordenador do Cevao é que a população evite circular de pés descalços e higienize latas e garrafas antes do consumo de bebidas na folia. Sobre as arboviroses, o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) apontou índice de risco 0,8, indicador considerado satisfatório.

Veja também

Justiça da Bolívia anula ordem de prisão contra Evo Morales
internacional

Justiça da Bolívia anula ordem de prisão contra Evo Morales

Confira a previsão do tempo para esta terça-feira (27) em Pernambuco
TEMPO

Confira a previsão do tempo para esta terça-feira (27) em Pernambuco