Olinda recebe evento para debater o câncer e incentivar o voluntariado

Congresso da Rede Feminina Nacional de Combate ao Câncer acontecerá entre 16 e 18 de novembro

Maria da Paz: “Precisamos discutir novos tratamentos”Maria da Paz: “Precisamos discutir novos tratamentos” - Foto: Clemilson Campos

 

Voluntários da Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer promoverão um evento em Olinda para debater a situação do tratamento da doença em Pernambuco e incentivar a atividade do voluntariado no Estado. A 11ª edição do Congresso da Rede Feminina Nacional de Combate ao Câncer acontecerá entre 16 e 18 deste mês e contará com a presença de médicos e especialistas no assunto de vários lugares do País. Na terça-feira (8), os organizadores do evento, que também administram o voluntariado do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), estiveram na Folha de Pernambuco.

A presidente da Rede Feminina no Estado, Maria da Paz, afirmou que o trabalho do voluntariado no HCP tem gerado muitos benefícios. “Precisamos discutir pesquisas e as inovações no tratamento, mas também promover o voluntariado. Fomos os responsáveis pela construção do hospital e mantemos uma casa de apoio em Olinda que abriga 70 pessoas, entre outras atividades que desempenhamos em todo o Estado”. O diretor-executivo da Folha de Pernambuco, Paulo Pugliesi, reconheceu a importância da rede.

“Faz parte do ideário do jornal difundir ações de grupos que contribuem para a melhoria da sociedade”.

Depois do Congresso, a rede quer adquirir uma máquina capaz de mapear as veias do corpo humano, a fim de melhorar o tratamento no setor pediátrico do HCP. Para ajudar, os interessados devem entrar em contato pelo telefone (81) 3217 8236 ou por e-mail: [email protected] Doações podem ser feitas na conta-corrente 29247-8, agência 1814-7 do Banco do Brasil.

 

Veja também

Comitê do Senado aprova nomeação de juíza ultraconservadora para a Suprema Corte dos EUA
Mundo

Comitê do Senado aprova nomeação de juíza ultraconservadora para a Suprema Corte dos EUA

Depois de Márcio Gomes, Gloria Vanique deixa Globo pela CNN Brasil
Jornalismo

Depois de Márcio Gomes, Gloria Vanique deixa Globo pela CNN Brasil