Olinda tem mais um dia de transtornos por causa das chuvas; veja fotos

Cidade registra acumulado de 70,2 milímetros de precipitação e pontos de alagamento

Ruas de Olinda alagadas após chuvasRuas de Olinda alagadas após chuvas - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

As chuvas fortes que continuam na manhã desta terça-feira (18) na Região Metropolitana do Recife (RMR) causam transtornos para a população. Em Olinda, segundo a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o acumulado das 24 horas contadas até 8h é de 70,2 milímetros. Pontos de alagamento são registrados na avenida Getúlio Vargas e ruas paralelas. Ainda segundo a Apac, a previsão para esta terça é de tempo chuvoso em toda a RMR.

Na rua Manoel de Barros Lima, no Bairro Novo, moradores têm que lidar com grandes poças de água que alagam a via inteira, tomando até mesmo as calçadas e ameaçando invadir as casas da área. Moradora da região há 45 anos, Márcia Lopes relata que esse é um problema sofrido desde o momento em que ela chegou no bairro. “Já virou um rio. Se chove um pouquinho, a gente já sabe que vai alagar", denuncia ela.

Leia também:
Chuva forte e pontos de alagamento também em Olinda
Apac prevê terça-feira chuvosa no Recife

A moradora relata ainda o descaso da prefeitura com a área; ela aponta que, apesar dos trabalhos de drenagem realizados na região, nada mudou porque a população continua jogando lixo. "Eu fico andando pela rua e pegando o lixo que eu encontro no chão, as garrafinhas de plástico com água dentro que podem até ser foco de dengue", diz Márcia.

Moradora Márcia Lopes reclama que desde que chegou ao bairro enfrenta problemas com chuvas

Moradora Márcia Lopes reclama que desde que chegou ao bairro enfrenta problemas com chuvas - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Ainda em Olinda, moradores da rua Arthur Serpa, no bairro de Casa Caiada, relatam o medo de morar próximo ao canal. O motorista Irenaldo Avelim, que vive há cinco anos em um conjunto habitacional na região, diz que já passou por duas cheias nesse período. “Quando começa a chover, a gente não dorme direito à noite, começamos a furar as paredes para colocar madeira e subir os móveis”, revela o motorista.

Veja também

Astronautas chineses retornam à Terra após missão espacial de 90 dias
retorno à terra

Astronautas chineses retornam à Terra após missão espacial de 90 dias

Dia Mundial da Limpeza será celebrado com ações no Rio Capibaribe e drive-thru
Sustentabilidade

Dia Mundial da Limpeza será celebrado com ações no Rio Capibaribe e drive-thru