Coronavírus

OMS afirma que 'talvez nunca exista uma solução' para o coronavírus

'Não há solução e talvez nunca exista', afirmou o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus,

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMSTedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS - Foto: Fabrice Coffrini/AFP

A Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu, nesta segunda-feira (3), que talvez nunca exista uma "solução" contra a pandemia de Covid-19, apesar da corrida contra o tempo de laboratórios e países para obter uma vacina.

"Não há solução e talvez nunca exista", afirmou o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma entrevista coletiva virtual. "Todos esperamos ter um número de vacinas eficazes que possam evitar que as pessoas sejam infectadas, mas frear os focos depende do respeito às medidas de saúde pública", completou.

 

O diretor geral da agência das Nações Unidas também anunciou que a missão da OMS na China concluiu o trabalho preparatório para sua investigação sobre a origem da pandemia de Covid-19.

"A equipe da OMS que viajou à China terminou sua missão que consistia em estabelecer as bases dos esforços conjuntos para identificar as origens do vírus", afirmou Adhanom Ghebreyesus.

"Estudos epidemiológicos começarão em Wuhan para identificar a fonte potencial de infecção dos primeiros casos", finalizou.

Veja também

Primeiro paciente curado de HIV morre após reincidência de câncer
HIV

Primeiro paciente curado de HIV morre após reincidência de câncer

Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal
queimadas

Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal