Gripe Aviária

OMS registra na China primeira morte por gripe aviária H3N8 no mundo

O vírus até agora não tinha vítimas humanas. A pessoa tinha 56 anos, vivia na província chinesa de Guangdong

Pernambuco é o quarto maior produtor de ovos, o maior produtor de frangos do NordestePernambuco é o quarto maior produtor de ovos, o maior produtor de frangos do Nordeste - Foto:

Uma mulher morreu na China de gripe aviária H3N8, um vírus que circula desde 2002, mas que até agora não havia causado vítimas humanas, informou nesta terça-feira (11) a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O vírus H3N8, que apareceu pela primeira vez na América do Norte, era considerado até agora como suscetível de ser transmitido para cavalos, cães e leões marinhos.

Foi detectado em humanos na China em duas ocasiões, em abril e maio de 2022, mas sem causar mortes.

A pessoa falecida, de 56 anos, vivia na província chinesa de Guangdong (sudeste) e ficou doente em 22 de fevereiro. Em 3 de março, foi hospitalizada com pneumonia grave e faleceu em 16 de março, segundo a OMS.

"A paciente tinha múltiplas condições subjacentes" e "antecedentes de exposição a aves de criação vivas antes do aparecimento da doença e antecedentes de presença de aves selvagens ao redor de sua casa", explicou a organização em um comunicado.

"Nenhum" de seus contatos próximos desenvolveu "infecção ou sintomas da doença até o momento de redação deste relatório", acrescentou a agência das Nações Unidas.

A OMS afirmou que a contaminação poderia ter ocorrido por ela frequentar um mercado de aves, mas que "a fonte exata da infecção ainda deve ser determinada, assim como a relação entre este vírus e outras gripes aviárias do tipo A (H3N8) que circulam no ambiente animal".

De acordo com a organização, os dados disponíveis mostram que o vírus não é transmitido entre humanos e que, portanto, "o risco de sua propagação em nível nacional, regional e mundial é considerado baixo".

A OMS insistiu, no entanto, na necessidade de monitorar o vírus devido a suas contínuas mutações.

Veja também

Rússia afirma que conquistou outra localidade no leste da Ucrânia
guerra na ucrânia

Rússia afirma que conquistou outra localidade no leste da Ucrânia

Desaparecimento de criança pode ser comunicado antes de 24h; veja como
Segurança Pública

Desaparecimento de criança pode ser comunicado antes de 24h; veja como

Newsletter