ACIDENTE

Ônibus escolar cai em ribanceira em Macaparana, na Mata Norte; médicos atendem quase 20 passageiros

Ainda não há o número total de pessoas feridas

Ônibus escolar caiu em uma ribanceira no município de MacaparanaÔnibus escolar caiu em uma ribanceira no município de Macaparana - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Leia também

• Confira a programação dos cinemas do Recife e RMR (22/02 a 28/02)

• Recife Outlet consolida modelo de vendas com desconto no Estado

• Com Super Sale, Recife Outlet promete mais descontos

Um ônibus escolar caiu em uma ribanceira no município de Macaparana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, e deixou feridos, na manhã desta quinta-feira (22).

Segundo a prefeitura da cidade, cerca de 30 ocupantes, entre estudantes e acompanhantes, estavam no veículo, e 19 deles precisaram de atendimento. Nenhuma das vítimas apresentou estado de saúde grave.

O acidente ocorreu por volta das 7h, na estrada de Pirauá. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros foram acionados e enviaram equipes ao local.

A gestão do município afirmou que também prestou assistência, mobilizando uma equipe de seis médicos, 10 enfermeiros e 15 técnicos de enfermagem.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Folha de Pernambuco (@folhape)

Uma mulher de 54 anos, que ficou presa embaixo do veículo, foi retirada pelos Bombeiros e conduzida ao Hospital Municipal de Macaparana, "consciente, orientada e sem sequelas graves aparentes".

Segundo o Samu, uma mulher de 53 anos foi encaminhada para o Hospital Getúlio Vargas, no Recife. Uma outra mulher, de 39 anos, também foi atendida pela corporação e levada para o Hospital da Restauração (HR), na área central da capital.

O HR informou que, além dela, outras três adolescentes do sexo feminino também deram entrada na unidade de saúde, sendo uma de 12 anos e duas de 15.

"Todas estão sendo avaliadas pela equipe multidisciplinar do HR, e, no momento, o quadro geral de saúde das pacientes é considerado estável", disse o hospital.

Segundo a Prefeitura de Macaparana, no momento do acidente, o veículo trafegava com capacidade de pessoas menor que a total e que o número exato de passageiros ainda está sendo apurado.

"O condutor do veículo, o Sr. Ricardo Freitas, possui a devida habilitação, categoria 'AD', para conduzir o veículo, e possui curso de formação de condutor de transporte escolar válido, conforme exigência do Tribunal de Contas e do Detran de Pernambuco", reforçou a gestão.

O município destacou também que o ônibus envolvido no acidente encontra-se com todas as manutenções em dia, segundo informações repassadas pelo proprietário do veículo, que afirma ter feito a última revisão em janeiro de 2024, para o início do ano letivo.

Confira nota da Prefeitura de Macaparana na íntegra:
"A Secretaria Municipal de Educação vem informar à imprensa e à população sobre o incidente ocorrido em 22 de fevereiro de 2024, envolvendo um ônibus do transporte escolar da rede municipal de ensino. No momento do acidente, o veículo trafegava com capacidade de pessoas menor que sua capacidade total. Foi apurado até o momento que havia em torno de 30 ocupantes no veículo, entre estudantes e acompanhantes, informação que ainda está sendo concretamente apurada.

O condutor do veículo, o Sr. Ricardo Freitas, possui a devida habilitação, categoria 'AD', para conduzir o veículo, e possui curso de formação de condutor de transporte escolar válido, conforme exigência do Tribunal de Contas e do Detran de Pernambuco. O veículo encontra-se com todas as manutenções em dia, segundo informações do proprietário do veículo tendo sido feito a última revisão em janeiro de 2024, justamente prevendo o início do ano letivo. Conforme apurações iniciais pela Secretaria, tratou-se de um acidente em estrada de terraplanagem, sem vítimas em estado grave ou fatais.

A Prefeitura prestou toda assistência às 19 pessoas que necessitaram de atendimento médico, mobilizando uma equipe de 6 médicos, 10 enfermeiros e 15 técnicos de enfermagem para garantir agilidade na assistência. Até o momento, estamos acompanhando 8 pacientes que, após atendimento médico, precisaram ser transferidos para hospitais de referência na Grande Recife, via regulação da rede estadual de saúde.

Macaparana, 22 de fevereiro de 2024."

Veja também

Lembra quando Bolsonaro era o fascista?', questiona filho de John Lennon, Sean Ono
Política

Lembra quando Bolsonaro era o fascista?', questiona filho de John Lennon, Sean Ono

Estudo indica que bonobos são mais agressivos do que se pensava
Bonobos

Estudo indica que bonobos são mais agressivos do que se pensava

Newsletter