Mundo

Onze mulheres morrem em tumulto por vistos no Afeganistão

Multidão se reuniu em torno de um estádio de futebol onde seriam concedidos vistos

Pessoas se aglomeram em busca de vistos paquistaneses em Jalalabad, no AfeganistãoPessoas se aglomeram em busca de vistos paquistaneses em Jalalabad, no Afeganistão - Foto: NOORULLAH SHIRZADA / AFP

Ao menos 11 mulheres morreram nesta quarta-feira no Afeganistão em um tumulto em um estádio de futebol, perto do consulado do Paquistão em Jalalabad, onde milhares de pessoas estavam reunidas para solicitar vistos. Dez mulheres e três homens ficaram feridos no tumulto, informou Attaullah Khogyani, porta-voz do governador de Nangarhar, província da qual Jalalabad é a capital.

O porta-voz do hospital provincial, Zaher Adel, confirmou o número de mortos. Naser Kamawal, membro do conselho provincial de Nangarhar, anunciou um balanço mais elevado de vítimas: 15 mortos e 15 feridos.

A aglomeração foi provocada pela retomada da emissão de vistos pelo consulado do Paquistão na semana passada, após uma pausa de sete meses provocada pela pandemia de coronavírus.

Para evitar que grandes multidões se reunissem diante da sede diplomática, os demandantes de asilo foram direcionados a um estádio de futebol próximo.
 

Abdul Ahad, que testemunhou as cenas caóticas, afirmou que "milhares de pessoas estavam reunidas na entrada do estádio e as mulheres tinham prioridade, estavam na frente". 

"Quando os funcionários anunciaram a abertura dos portões, todos correram para entrar no estádio, para entregar os passaportes na frente", disse Ahad. "As mulheres, a maioria idosas e que estavam na frente, caíram e não conseguiram levantar. Foi um caos", completou.

As autoridades anunciaram que mobilizaram centenas de policiais no estádio para controlar a multidão. Horas depois do incidente, parentes de vítimas transportaram caixões de um necrotério de Jalalabad. 

Muitos afegãos viajam a cada ano ao vizinho Paquistão, onde milhões de pessoas buscaram refúgio nas últimas décadas para escapar da violência e da pobreza em um Afeganistão devastado pela guerra.

Veja também

Aumento de indicadores da Covid-19 leva Jaboatão a suspender retorno de aulas para educação infantil
Coronavírus

Aumento de indicadores da Covid-19 leva Jaboatão a suspender retorno de aulas para educação infantil

Pela última vez, Trump perdoa peru pelo Dia de Ação de Graças
EUA

Pela última vez, Trump perdoa peru pelo Dia de Ação de Graças