Operação Carnaval Seguro divulga ações de prevenção e segurança para o Carnaval 2020

A Operação Carnaval Seguro é realizada pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) em parceria com o Corpo de Bombeiros, Serviço de Urgência Móvel (Samu) e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE)

Coletiva da Celpe sobre a operação de CarnavalColetiva da Celpe sobre a operação de Carnaval - Foto: Artur Ferraz / Folha de Pernambuco

Órgãos técnicos de distribuição de energia e primeiros socorros de Pernambuco divulgaram, nesta quarta-feira (19), as ações de prevenção e segurança para o Carnaval 2020. Segundo o Corpo de Bombeiros, os principais focos da folia no Estado concentrarão, juntos, 8,5 milhões de pessoas, o que aumenta o risco de acidentes com ligações irregulares ou por contato com a rede elétrica.

A Operação Carnaval Seguro é realizada pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) em parceria com o Corpo de Bombeiros, Serviço de Urgência Móvel (Samu) e Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE).

De acordo com o superintendente técnico da Celpe, Carlos Eduardo Soares, 300 funcionários da companhia estarão de plantão durante o feriado. Outros 500 profissionais ficarão alocados para as ações educativas e de combate às ligações clandestinas, que também causam riscos para as pessoas.

“Normalmente essas ligações não são feitas por profissionais habilitados, em condições técnicas não adequadas. Além de tudo, é crime e a pessoa pode ser levada à prisão", alertou. Nos últimos quinze dias, a companhia removeu 100 ligações irregulares no Estado. Também foram feitas 2 mil podas em locais próximos aos polos de folia.

Leia também:
Com três novas linhas, ônibus especiais circulam durante o Carnaval na RMR
Bombeiros controlam incêndio em mercadinho no Recife

Entre as ações educativas, está prevista, nos quatro dias de festa, a distribuição de panfletos nos pontos de entrada e saída do Sítio Histórico de Olinda e do Galo da Madrugada. Também estão sendo instaladas 200 bandeirolas de alerta em lugares com pontos de alta tensão. “A primeira dica é que, por hipótese alguma, suba em postes. A segunda é que não utilize serpentes e confetes metálicos porque podem chegar a uma altura de oito metros e interagir com a rede [elétrica]. E a terceira é que não façam ligações clandestinas”, enfatizou Carlos Eduardo Soares.

Samu e Bombeiros
No Galo da Madrugada, o Samu terá postos distribuídos em cinco pontos do desfile: Praça Sérgio Loreto, avenida Dantas Barreto (edifício San Rafael), pátio do Carmo, praça da Independência (praça do Diário) e Rua do Sol. No Recife Antigo, será montado um ponto fixo no Marco Zero, todos os dias, das 19h até uma hora após o último show.

Além disso, será instalado na Casa da Cultura um veículo de suporte para múltiplas vítimas, carro operacional que dará apoio no fornecimento de material utilizado nos atendimentos de primeiros socorros. "O Carnaval tem um conglomerado muito grande de pessoas e essa ambulância vai estar lá. Teremos 15 pontos descentralizados na Região Metropolitana do Recife", informou o coordenador geral do Samu Metropolitano, Leonardo Gomes.

Já o Corpo de Bombeiros disponibilizará mais de 5.400 agentes em todo o Estado. Só no Galo da Madrugada, serão 950. “[Atuarão] desde a parte de emergência, incêndios, salvamentos, atendimento pré-hospitalar, alinhados com o Samu”, afirmou o chefe de Planejamento Operacional da corporação, tenente-coronel Erick Aprígio.

Veja também

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista
Saúde

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado
Astrazeneca/Oxford

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado