Operação mira hackers suspeitos de fraudes em cartões

Na operação, chamada de Chargeback, oito pessoas foram presas e 24 mandados de busca e apreensão foram expedidos

8 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão foram expedidos na operação8 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão foram expedidos na operação - Foto: Divulgação/Polícia Civil de Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) deflagrou, nesta quinta-feira (5), uma operação que tem como alvo suspeitos de crimes como furtos por meio de fraudes bancárias, estelionato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Na operação, chamada de Chargeback, foram expedidos oito mandados de prisão e 24 mandados de busca e apreensão.

De acordo com a polícia, a quadrilha é formada por hackers que cometiam fraudes em cartões de crédito e que possuíam equipamentos que extraíam dados dos cartões de crédito. O delegado da Diretoria Integrada Metropolitana (DIM), Ivaldo Pereira, afirmou que os suspeitos conseguem entrar nas contas correntes e poupanças e ter acesso à movimentações financeiras.

Leia também:
Aprovados em concurso da Polícia Civil participam de aula inaugural
Polícia prende mulher por matar filho de três meses
Caminhoneiros pedem impeachment de Bolsonaro e reclamam de violência policial

O nome da operação faz referência à prática do estorno do valor em compras no cartão. Segundo a polícia, apenas 3 suspeitos obtiveram lucro de aproximadamente R$ 6 milhões durante o período de investigação. Os crimes eram cometidos tanto no Brasil, quanto no exterior.

Alguns alvos da operação já haviam sido presos anteriormente por crimes semelhantes. Foram apreendidos computadores, smartphones, cartões de crédito entre outros aparelhos eletrônicos. A operação envolveu um contingente de 130 policiais civis.

Veja também

Ministério da Saúde anuncia que vai incorporar vacina chinesa em calendário nacional
Coronavírus

Ministério da Saúde anuncia que vai incorporar vacina chinesa em calendário nacional

Militares promovem capacitação de agentes para desinfecção de locais públicos em Garanhuns
Coronavírus

Militares promovem capacitação de agentes para desinfecção de locais públicos em Garanhuns