A-A+

Operadora de navio em quarentena afirma que vai reembolsar passageiros

A embarcação que se encontra atracada no porto de Yokohama, perto de Tóquio.

CruzeiroCruzeiro - Foto: Filippo MOnteforte/AFP

A operadora do navio de cruzeiro afetado pelo surto de coronavírus afirmou nesta segunda-feira (10) que vai reembolsar passageiros da embarcação que se encontra atracada no porto de Yokohama, perto de Tóquio.

O site da empresa Diamond Princess afirma que vai reembolsar as taxas do cruzeiro, bem como os custos de transporte, incluindo passagens aéreas e de trem, além de hotéis utilizados antes e depois da viagem.

Leia também:
Chega a 64 número de infectados em cruzeiro no Japão
Dez novos casos de coronavírus são confirmados em cruzeiro no Japão
Brasileiros trazidos do epicentro do coronavírus na China chegam a Goiás

Um passageiro a bordo do navio disse que o documento emitido pelo presidente da empresa foi distribuído no domingo (9) para informar os demais ocupantes sobre a decisão. O presidente afirma no documento que a operadora espera que o reembolso oferecido ajude a aliviar o stress dos passageiros.

Veja também

Corpo da 7ª vítima de naufrágio no Pantanal é encontrado após dois dias
Acidente

Corpo da 7ª vítima de naufrágio no Pantanal é encontrado após dois dias

CPI da Covid adia leitura de relatório final em meio a divergências
Senado

CPI da Covid adia leitura de relatório final em meio a divergências