EUA

Organização nos EUA oferece mansão de graça, mas novo dono terá de movê-la de lugar

Terreno onde ela fica é de um incorporador de Nova York, que pretende demolir a mansão e construir armazéns

A histórica mansão foi construída em 1834 por John McClellan Hood na cidade de Limerick; ela custa US$ 2 milhões e gasto para tirá-la do lugar e restaurá-la pode chegar a US$ 1,4 milhão A histórica mansão foi construída em 1834 por John McClellan Hood na cidade de Limerick; ela custa US$ 2 milhões e gasto para tirá-la do lugar e restaurá-la pode chegar a US$ 1,4 milhão  - Foto: easternpapreservation via Instag

Uma mansão histórica com 17 cômodos localizada na cidade de Limerick, na Pensilvânia (EUA), está sendo oferecida de graça, mas com algumas exigências.

A principal é que o interessado deve remover o imóvel do local onde está instalado e pagar do próprio bolso. Caso contrário, ela permanecerá onde está e pode virar uma "pilha de escombros".

O anúncio foi feito pela Eastern Pennsylvania Preservation Society (Sociedade de Preservação do Leste da Pensilvânia, em tradução livre), que é um grupo sem fins lucrativos dedicado à preservação de estruturas históricas ameaçadas na Pensilvânia.

Na descrição do anúncio, é informado que a mansão tem 1.524 metros quadrados e sua estrutura é muito firme.

Os pisos são de castanheiro, as vigas, de carvalho, e é cravada em um arenito, uma espécie de rocha. "Você terá dificuldade em encontrar outra casa construída tão bem como esta", diz o anúncio.

O grupo informa que o casarão foi erguido em 1834 por John McClellan Hood, um imigrante e comerciante irlandês que se estabeleceu nos EUA. Ele se inspirou em um modelo da Irlanda, sua terra natal. Ele a batizou de "Bessy Bell", em uma homenagem a uma cordilheira localizada em Newtownstewart, na Irlanda, e morou na mansão com sua mulher e 11 filhos.

Citando a Sociedade de Preservação do Leste da Pensilvânia, a rede de TV local Action News informa que a mansão está abandonada há 16 anos.

O terreno onde ela fica é de um incorporador de Nova York, que pretende demolir a mansão e construir armazéns. A Sociedade diz que o casarão tem ligações com a Ferrovia Subterrânea, segundo divulgado à TV.

Quanto custa mover a mansão?
Segundo projeções da Sociedade, mover a mansão de lugar custaria de US$ 700 mil a US$ 1 milhão. Já o restauro do casarão ficaria em US$ 400 mil. Ou seja, quem aceitá-la de graça e pretender morar nela -para onde quer que a pessoa leve a mansão- precisa ter até US$ 1,4 milhão para torná-la habitável.

 

Veja também

Homem morto em atentado contra Donald Trump é identificado, diz governador da Pensilvânia
ataque a tiros

Homem morto em atentado contra Donald Trump é identificado, diz governador da Pensilvânia

Serviço Secreto dos EUA nega acusações de que teria recusado proteção adicional para Donald Trump
comício na Pensilvânia

Serviço Secreto dos EUA nega acusações de que teria recusado proteção adicional para Donald Trump

Newsletter