Pabllo Vittar confirma sua 1ª live para dia 22 após participação em festivais online

A Live será transmitida pelo canal da cantora no YouTube, às 20h

Cantora Pablo VittarCantora Pablo Vittar - Foto: Reprodução/Instagram

A cantora Pabllo Vittar, 25, confirmou para o dia 22 de maio sua primeira live. Ela já tinha participado de uma live-festival, mas essa será sua primeira apresentação solo na web, formato que ganhou popularidade devido à pandemia do novo coronavírus.

A Live da Pabllo será transmitida pelo canal da cantora no YouTube, às 20h, terá patrocínio da Amstel e do Submarino, e o objetivo de "arrecadar doações para auxiliar pessoas menos favorecidas nesse período de pandemia", afirma comunicado de divulgação do evento.

Leia também:
Artistas negros usam arte para valorizar a ancestralidade e combate ao racismo
Ator de 'La Casa de Papel' revela informações sobre o grupo de WhatsApp do elenco

Pabllo, que já tinha participado da live Festival Orgulho, ainda marcará presença do Festival Made in: Casa, da Sony da América Latina, neste final de semana, antes de promover sua própria live. Segundo ela, para a apresentação do dia 22 está sendo preparado um repertório especial e "muitas surpresas".

No mês passado veio a público a informação de que Pabllo está processando a empresa Serasa por ter publicado uma ilustração em sua página nas redes sociais citando, indiretamente, a artista e sua suposta dívida com a cantora Anitta, em decorrência do clipe "Sua Cara", que as duas lançaram juntas.

Segundo os advogados de Pabllo, a Serasa se aproveitou de rumores entre as duas artistas para ganhar visibilidade. "[Serasa] está afirmando, de forma indireta e ardilosa, que o autor [Pabllo Vittar] está em dívida com a cantora", disse um representante da cantora ao UOL. Com isso, ela pediu R$ 120 mil de indenização.

Veja também

Bolsonaro diz que só toma vacina aceita na Europa e nos EUA e exclui modelo 'lá de São Paulo'
Presidente

Bolsonaro diz que só toma vacina aceita na Europa e nos EUA e exclui modelo 'lá de São Paulo'

TSE pede ao Supremo acesso aos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos
Justiça

TSE pede ao Supremo acesso aos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos