Ministério da Cidadania

Pagamento da 6ª parcela do auxílio emergencial tem início nesta quinta

Beneficiários do programa do governo recebem a verba extra conforme o final do Número de Identificação Social (NIS )

Caixa Econômica FederalCaixa Econômica Federal - Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O pagamento da sexta parcela do auxílio emergencial tem início nesta quinta-feira (17) para beneficiários do Bolsa Família. Demais grupos, como informais, ainda não tiveram o calendário divulgado pelo Ministério da Cidadania.

Seguindo a mesma logística dos últimos meses, os beneficiários do programa do governo recebem a verba extra conforme o final do NIS (Número de Identificação Social).

Os pagamentos, que agora começam em R$ 300, seguem até 30 de setembro. Mães responsáveis pelo sustento da família continuam com o direito à cota dobrada, de R$ 600.
 


O auxílio emergencial, inicialmente, teria três parcelas de R$ 600, pagas a partir de abril. No final de junho, o governo anunciou a prorrogação por mais dois pagamentos, totalizando cinco cotas de R$ 600.

No início de setembro, foi confirmada mais uma prorrogação, dessa vez por mais quatro parcelas até o final do ano, totalizando nove pagamentos.

A MP (Medida Provisória) nº 1.000/2020 também reduziu o valor mensal do benefício, de R$ 600 para R$ 300, e criou regras mais duras para a permanência dos beneficiários (com exceção de membros do Bolsa Família).

Veja também

STF revoga prisão de enfermeira acusada de realizar abortos em Minas
justiça

STF revoga prisão de enfermeira acusada de realizar abortos em Minas

Alemanha restringe número de pessoas em eventos públicos e privados
internacional

Alemanha restringe número de pessoas em eventos públicos e privados