A-A+

Pai é colocado em quarentena por coronavírus e filho com deficiência morre na China

Yan Cheng era um jovem de 17 anos confinado a uma cadeira de rodas por uma deficiência motora cerebral

Jovem morre após pai ser colocado em quarentena por CoronavírusJovem morre após pai ser colocado em quarentena por Coronavírus - Foto: Reprodução/WeChat

Um adolescente com deficiência física faleceu na China, depois que seu pai foi colocado em quarentena em consequência da epidemia de coronavírus, e o jovem ficou sozinho em casa. O caso provocou muitos protestos na rede social chinesa Weibo, equivalente ao Twitter.

Yan Cheng era um jovem de 17 anos que usava uma cadeira de rodas por causa de sua deficiência neuromotora. A mãe faleceu há alguns anos, informou a imprensa estatal.

Leia também:
Com mais 64 mortos, chega a 425 número de falecimentos por coronavírus na China
Confira os países com casos confirmados de coronavírus
Novo coronavírus se propaga rapidamente e faz a primeira vítima fatal em Hong Kong

Ele não falava, não conseguia caminhar nem comer sozinho. Ninguém o alimentou depois que o pai, que estava com febre, foi colocado em quarentena em 22 de janeiro em Hong'an, em Hubei, província da região central do país que é o epicentro da pneumonia viral.

Com resultado positivo no exame para o novo coronavírus, o pai, Yan Xiaowen, publicou um apelo desesperado em uma rede social para que alguém ajudasse o filho.

O jovem faleceu em 29 de janeiro na localidade de Huajiahe, onde morava, relata um comunicado divulgado pelas autoridades de Hong'an. "Devido a sua reclusão em quarentena, Yan Xiaowen não estava em condições de cuidar de seu filho", afirmaram as autoridades após uma investigação.

"Ele pediu a parentes, assim como a autoridades e médicos da localidade, que cuidassem dele. Mas os cuidados recebidos pelo jovem não foram suficientes", completa a nota.

Veja também

Mais de 3,6 milhões de vacinas da Pfizer chegam ao Brasil
Vacinas

Mais de 3,6 milhões de vacinas da Pfizer chegam ao Brasil

Assessora de Hillary Clinton diz que foi abusada sexualmente por senador
Denúncia

Assessora de Hillary Clinton diz que foi abusada sexualmente por senador