GUERRA NA UCRÂNIA

Papa Francisco pede fim do 'massacre' na Ucrânia

Após a oração do Angelus de domingo, o pontífice argentino condenou a "barbárie" de matar civis, incluindo crianças, e implorou: "Em nome de Deus, peço que pare com este massacre"

Papa FranciscoPapa Francisco - Foto: Filippo Monterforte / AFP

O papa Francisco lançou neste domingo (13) um apelo sincero pelo fim do "massacre" e do "ataque armado inaceitável" na Ucrânia, invadida pela Rússia desde 24 de fevereiro.

Após a oração do Angelus de domingo, o pontífice argentino condenou a "barbárie" de matar civis, incluindo crianças, e implorou: "Em nome de Deus, peço que pare com este massacre". 

O papa disse que a cidade portuária de Mariupol, no sul do país, severamente atingida, "tornou-se uma cidade mártir na guerra comovente que está devastando a Ucrânia".

"Diante da barbárie do massacre de crianças, inocentes e civis indefesos, não há razões estratégicas, apenas o inaceitável ataque armado deve ser detido antes que reduza as cidades a cemitérios", afirmou. 

O pontífice pediu negociações e corredores humanitários eficazes.

Veja também

Polícia prende suspeito de peculato e lavagem de dinheiro no Interior de Pernambuco
Operação Campônio

Polícia prende suspeito de peculato e lavagem de dinheiro no Interior de Pernambuco

Abaixo o obscurantismo:  Resgate-se a memória de Rouanet
Opinião

Abaixo o obscurantismo:  Resgate-se a memória de Rouanet