A-A+

Encontro

Papa Francisco receberá Joe Biden em 29 de outubro

De acordo com a Casa Branca, eles discutirão formas de trabalhar o respeito da dignidade humana, o fim da pandemia, questões relacionadas à crise climática e em favor dos pobres

Presidente estadunidense, Joe Biden e Papa FranciscoPresidente estadunidense, Joe Biden e Papa Francisco - Foto: Andrew Caballaro-Reynolds / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, um católico praticante, e sua esposa, Jill, serão recebidos pelo papa Francisco no Vaticano, em 29 de outubro - informou a Casa Branca nesta quinta-feira (14).

Ambos "discutirão formas de trabalhar em conjunto pelo respeito da dignidade humana, pelo fim da pandemia da Covid-19, para fazer frente à crise climática e em favor dos pobres", disse a Casa Branca, em um comunicado.

A visita de Biden ao Vaticano ocorrerá antes de sua participação na cúpula do G20, em Roma, nos dias 30 e 31 de outubro. Em seguida, embarca para a cúpula sobre mudança climática COP26, em Glasgow.

Biden, 78, vai à missa pelo menos uma vez por semana. John F. Kennedy foi o primeiro presidente católico dos Estados Unidos. 

Biden costuma citar as Escrituras Sagradas e carregar na mão esquerda um rosário da Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe, no México. Seu filho Beau usava este rosário no dia em que morreu de câncer no cérebro em 2015. 

Quando assumiu o cargo, em janeiro, Francisco parabenizou-o calorosamente e disse esperar que suas decisões estejam "guiadas por uma preocupação de construir uma sociedade marcada pela autêntica justiça e pela liberdade".

Veja também

PF faz ação contra fraudes em contratos do Ministério da Saúde no Rio
Operação PF

PF faz ação contra fraudes em contratos do Ministério da Saúde no Rio

PF desarticula quadrilha que extraía ouro de terra indígena no Pará
operação policial

PF desarticula quadrilha que extraía ouro de terra indígena no Pará