ATENTADO EM MOSCOU

Papa reza pelas vítimas do ataque 'covarde' na Rússia

Pontífice chamou o massacre de sexta-feira em uma casa de shows nos arredores de Moscou, que foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), de 'atos desumanos'

Papa FranciscoPapa Francisco - Foto: Tiziana Fabi/AFP

O Papa Francisco rezou neste domingo pelas vítimas do ataque em Moscou que deixou pelo menos 133 pessoas mortas após a missa de Domingo de Ramos no Vaticano e denunciou um ataque "covarde".

— Rezo pelas vítimas do ataque covarde de ontem à noite em Moscou — disse o Papa argentino de 87 anos, que rezou para que Deus desse conforto às famílias.

O pontífice chamou o massacre de sexta-feira em uma casa de shows nos arredores de Moscou, que foi reivindicado pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), de "atos desumanos".

Francisco presidiu a missa do Domingo de Ramos, que abre as intensas atividades da Semana Santa, diante de uma multidão de cerca de 25 mil fiéis. O Papa, que tem uma saúde frágil, falou com voz fraca e vacilante e não fez a homilia como planejado, embora parecesse bem disposto e sorridente.

O jesuíta argentino sofre de vários problemas de saúde, passou por uma cirurgia abdominal em 2023, tem problemas crônicos no joelho e sofreu várias infecções respiratórias nos últimos meses.

No ano passado, Francisco esteve ausente pela primeira vez da tradicional Via Sacra na Sexta-Feira Santa, uma das datas mais importantes do calendário da Igreja Católica, porque estava convalescendo após ser internado no hospital e o clima estava excepcionalmente frio.

Veja também

Quatro navios dos EUA encalham perto de cais temporário em Gaza
Gaza

Quatro navios dos EUA encalham perto de cais temporário em Gaza

Governo do Rio Grande do Sul sanciona lei que institui plano de reconstrução do estado
Rio Grande do Sul

Governo do Rio Grande do Sul sanciona lei que institui plano de reconstrução do estado

Newsletter