Papai Noel em ritmo de Forró

Bom velhinho chegou ao Bairro do Recife em catamarã, acompanhado de oito crianças

Natal no Recife AntigoNatal no Recife Antigo - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Apareceram no Bairro do Recife, na noite desta sexta-feira (2), os primeiros sinais de que o Natal está próximo. Foi lançado, no prédio da Associação Comercial de Pernambuco (ACP), o Natal Iluminado, um evento pensado para aproximar a instituição do grande público e, consequentemente, atrair novos associados.

O ápice foi às 20h, quando o Marco Zero ficou às escuras para conhecer a iluminação que embelezava o prédio histórico. Na sequência teve início uma cantata natalina, com a participação de Petrúcio e Pecinho Amorim, Irah Caldeira, João Lacerda, Roberto Cruz e Andressa Formiga. Foi o desfecho de uma programação que começou à tarde, com a chegada de catamarã do Papai Noel, acompanhado por oito crianças.

Uma delas era Cássia. Quando ela tinha cinco anos de idade, morava na rua. Seus escassos pertences, assim como sua certidão de nascimento, eram guardados no fundo da carroça de papelão de um senhor que “tomava conta dela”. Na verdade, a fazia pedir esmolas. Hoje, aos 12 anos, a menina estuda, pratica balé, aprendeu a nadar e tem aulas de informática. Entre a criança desamparada e a pré-adolescente que sempre tem onde comer e dormir, está Tereza Cristina.

“Tia” Tereza, como é conhecida, é responsável por uma creche que leva seu nome e abriga 180 crianças. “Eu dou minha vida por essas crianças. Luto, trabalho. Qualquer coisa para fazer essas crianças felizes”, garante.

Tereza disse que ficou “emocionada demais” com a oportunidade que foi dada a essas crianças de passear de catamarã. “Elas nunca andaram de catamarã. Até febre elas tiveram, esperando que chegasse esse dia. Gostaram muito, ficaram muito emocionados. Pensei que iam ficar com medo, mas não ficaram”, contou.

Quem também sentiu na pele essa emoção foi Robson da Silva, o Papai Noel. Aos 14 anos, ele enfrentou o calor e vestiu a fantasia do “bom velhinho” pela primeira vez. “Está calor, mas está sendo muito gratificante, pelo amor que as crianças têm por mim. Foi bem divertido”, relatou.

Veja também

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro