Notícias

Para matar a sede de bola

Na segunda semana da pré-temporada, time rubro-negro começa a trabalhar com seu principal instrumento

Melhorias vão promover aumento da capacidade de atracação do transporte de passageiros e de cargasMelhorias vão promover aumento da capacidade de atracação do transporte de passageiros e de cargas - Foto: Hélia Scheppa/SEI

 

Primeira semana de pré-temporada concluída, elenco todo reapresentado - com exceção do costarriquenho Rodney Wallace - e os quatro reforços contratados já integrando o grupo que trabalha no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe. Nesta segunda etapa de preparação, o Leão deverá intensificar os trabalhos com bola, já visando o próximo dia 22 (domingo), no amistoso válido pela Taça Ariano Suassuna. O confronto será diante do The Strongest, na Arena Pernambuco, às 16h (horário de Recife). Esta será a primeira oportunidade de conferir de perto o lateral-direito Raul Prata, o meia-atacante Marquinhos e os centroavantes Paulo Henrique e Leandro Pereira, únicos anunciados pelo clube até agora para a temporada 2017.

Além disso, servirá para ter a chance de conferir como estão os remanescentes, com o possível time titular sendo: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Ronaldo, Everton Felipe (Neto Moura), Diego Souza e Rogério; Leandro Pereira (Wallace). Com uma lesão no adutor da coxa direita, o meia Everton Felipe corre o risco de ficar fora deste primeiro jogo do ano. Já na ala dos prováveis desfalques está o zagueiro Durval. Nesta semana ele torceu o tornozelo esquerdo e tem poucas chances de ficar à disposição do treinador Daniel Paulista.

Sobre contratações, apesar de o vice-presidente de futebol Gustavo Dubeux afirmar que dará uma freada nos anúncios, o clube ainda não desistiu de trazer o atacante André. Na última sexta-feira, o meia Diego Souza revelou em entrevista coletiva que vem conversando frequentemente com o atleta para que ele volte à Praça da Bandeira. “Eu fico brincando que já passou da hora de ele voltar. Ele demonstra interesse em voltar e fico insistindo para saber o que está faltando para isso acontecer. Mas, claro que sei que não depende apenas dele. André é meu amigo independente de onde ele estiver jogando”, revelou DS87.

Segundo a imprensa portuguesa, o Sport ofereceu 1,5 milhão de euros para conseguir o retorno de André. O problema é que o Sporting investiu três milhões de euros no ano passado para tirar o jogador do Corinthians, firmando um contrato até o meio de 2019. Por enquanto, a negociação anda emperrada, atrapalhada ainda pelo treinador Jorge Jesus, que não quer liberar o jogador brasileiro.

 

Veja também

Olinda divulga balanço dos danos causados pela chuva e detalha força-tarefa de apoio
Chuvas

Olinda divulga balanço dos danos causados pela chuva e detalha força-tarefa de apoio para as pessoas atingidas

Dia de horror: o que se sabe até agora sobre massacre no Texas
Ataque

Dia de horror: o que se sabe até agora sobre massacre no Texas